Após a confirmação de fraude nos documentos do jogador Brendon Matheus, o Paulista foi desclassificado da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O time estava classificado para a final, nesta quarta-feira (25), no Pacaembu, contra o Corínthians, mas em seu lugar entrará o Batatais, time até então eliminado na semifinal pela equipe de Jundiaí.

A eliminação foi confirmada na tarde do dia 23 por Antônio Olim, presidente do Tribunal de Justiça Desportiva, em entrevista coletiva na sede da Federação Paulista de #Futebol (FPF). Segundo Olim, a responsabilidade da fraude é do jogador e não houve má-fé do clube. Dessa forma, o Paulista não será punido, mas apenas eliminado.

Publicidade
Publicidade

O regulamento da competição prevê a suspensão do clube por cinco anos do torneio, mas essa regra não será aplicada. Antônio Olim afirmou que a maior punição do time é não jogar a final. Ele lamentou que os mais punidos foram os jogadores e chamou Brendon (ou Helton, na verdade) de criminoso.

Entenda o caso

Brendon Matheus, destaque da competição, na verdade se chama Helton Matheus Cardoso Rodrigues, e utilizou os documentos de um primo para "ter" menos idade e ser considerado um jogador sub-20 amador. Helton nasceu em 1994 e Brendon, em 1997. Com sua idade verdadeira, 23 anos, Helton estaria fora da idade limite para participar do torneio como jogador júnior.

O verdadeiro Brendon Matheus Araújo Lima dos Santos, seu primo, encontra-se preso no Rio de Janeiro, por envolvimento no tráfico de drogas e assalto com arma de fogo a um posto de gasolina em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro.

Publicidade

O presidente do Paulista, Pepe Verdugo, isenta o clube de participação na fraude. Segundo ele, o clube recebeu do jogador os documentos já alterados.

A denúncia da fraude ocorreu no sábado (21), mas, mesmo assim, o jogador foi convocado e participou do jogo em que o time venceu o Batatais por 5 a 1, no domingo (22), ganhando a vaga na final de quarta-feira. Na tarde de hoje (23), os dirigentes do Paulista e o agente do jogador estiveram presentes na Federação Paulista de Futebol, onde foi decidida a desclassificação do time no torneio. #Esporte #Copinha