O #Corinthians ainda está tentando contratar novos jogadores para a equipe de Fábio Carille. Embora esteja ciente que terá que dispensar alguns atletas do elenco, a diretoria corintiana continua otimista em relação as contratações do atacante Didier Drogba e do meio-campista Jadson. Ambos os atletas agradam a torcida e também aos dirigentes alvinegros, mas os valores envolvendo as negociações são elevadas e o Timão trata este assunto com muita cautela.

Mesmo encontrando um mercado difícil e estando com o elenco inchado, o Corinthians ainda continua despertando a vontade dos jogadores em atuar vestindo a camisa alvinegra.

Publicidade
Publicidade

Alguns atletas chegam ao clube com muita disposição, mas todo esse entusiasmo pode culminar em uma grande decepção por parte do jogador, do clube e também da torcida. Por este motivo, a diretoria do Timão está em busca de reforços pontuais e que possam atuar em grande estilo no time comandado por Fábio Carille.

O caso mais recente foi do atacante Gustavo, ex-Criciúma. Ele chegou ao Timão após se destacar no clube catarinense, que naquele período estava disputando o Campeonato Brasileiro da Série B. Marcando muitos gols no decorrer da competição, o atacante foi apelidado de "Gustagol". Apesar de ser conhecido pelo faro de gol, Gustavo não conseguiu se destacar no clube paulista e acabou despertando a ira da torcida corintiana.

Com o camisa 9 sendo duramente criticado, a única solução da diretoria do Corinthians foi emprestá-lo ao Bahia, que disputará a Série A do Brasileirão desta temporada.

Publicidade

Vale ressaltar que ele tem contrato com o Timão até o fim de 2020.

Apesar de ter deixado a equipe de Parque São Jorge ha pouco tempo, Gustavo já fala em retornar e mostrar o quanto ele pode ser importante para o clube nos próximos anos. Em entrevista ao "globoesporte.com", ele confirma que voltará ao Timão e vai surpreender a todos que o criticaram durante sua breve passagem.

Contratado pelo Corinthians em agosto de 2016, Gustavo entrou em campo nove vezes, mas não conseguiu balançar as redes adversárias. Durante esse período, o atacante de 22 anos alega que estava com muitas dores e com falta de ritmo de jogo. Agora no Bahia, ele afirma que vai voltar ao Timão com uma postura diferente. Vale lembrar que seu vínculo contratual com o clube baiano é até o fim desta temporada. #Negócios #Futebol