O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou nesta quarta-feira (25) novas sanções contra atletas flagrados em exame antidoping. A desclassificação de um deles fará com que o multicampeão jamaicano #Usain Bolt perca uma de suas nove medalhas de ouro conquistadas em três edições da Olimpíada - ele também faturou esta prova em Londres-2012 e Rio-2016.

Isso porque, seu compatriota Nesta Carter foi flagrado com a substância Metilhexanamina em reanálise de urina do revezamento 4x100m rasos, nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008. Com isso, a Jamaica, que havia faturado o ouro da prova, além do recorde mundial de 37s10, será desclassificada da competição.

Publicidade
Publicidade

Com Carter e Bolt competiram Asafa Powell e Michael Fraser.

A decisão foi anunciada pela comissão disciplinar do COI nesta quarta-feira e tem caráter imediato a desclassificação do atleta e da equipe. O Comitê Olímpico Jamaicano será responsável por recolher as medalhas, pins comemorativos e diplomas entregues aos medalhistas na ocasião.

Como o Brasil ficou em quarto lugar naquela prova, o país deverá herdar o bronze tão logo o COI oficialize a mudança, o que ainda não tem data para ocorrer. O quarteto brasileiro que correu na China era composto por Vicente Lenílson, Sandro Viana, Bruno Lins e José Carlos Moreira, o Codó.

O Japão, que havia terminado a prova na terceira colocação, receberá a medalha de prata, enquanto que os atletas de Trinidad e Tobago (Keston Bledman, Marc Burns, Emmanuel Callender e Richard Thompson) herdarão o ouro do time jamaicano.

Publicidade

Equipe feminina também já havia ganho bronze

Esta não é a primeira vez que o Brasil se beneficia de um atleta pego no doping. Em agosto do ano passado, o time feminino do Brasil, no revezamento 4x100m rasos, também havia garantido a medalha de bronze em Pequim-2008, após a desclassificação da equipe russa. As brasileiras terminaram a prova em quarto lugar, mas acabaram subindo um degrau e entrando no pódio.

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) ainda aguarda o COI enviar as medalhas para poder repassar às atletas. Na mesma ocasião, a Bélgica acabou ficando com o ouro e a Nigéria herdou a prata. #Olimpíadas #Atletismo