O centroavante argentino Jonathan Calleri pode estar de volta ao São Paulo. Depois de ser dado como alvo de Grêmio, Flamengo e Palmeiras, o clube paulista entrou forte na negociação para ter o centroavante de volta ao Morumbi. O Tricolor voltou a conversar ainda na quinta-feira, 5, com o jogador e ouviu um "sim" do pai e representante do atacante, Guillermo Calleri.

Quando foi para o West Ham, na metade de 2016, Calleri esperava receber chances na equipe inglesa. Não é o que está acontecendo, o argentino não vem nem sendo relacionado para o banco de reservas nos jogos do time. Assim, Calleri está destinado a buscar outro destino na janela de transferências desse mês de janeiro.

Publicidade
Publicidade

Apenas dois pontos impedem o argentino de voltar, conforme o próprio pai do atacante disse ao Tricolor. Antes de tentar definitivamente a volta ao São Paulo, o atleta analisará se aparecem propostas na Europa, de clubes que estejam dispostos a dar chances de jogo para Calleri. Caso isso não aconteça, o atacante se aproxima um pouco do Morumbi.

O segundo ponto tem a ver com os investidores que gastaram R$ 40 milhões para tirar o jogador do Boca Juniors, da Argentina, em 2016. O grupo acredita que se o argentino voltar ao São Paulo, ficará desvalorizado. Por isso, São Paulo e Calleri também terão que convencer os investidores do jogador, caso esse não encontre nenhum clube na Europa.

Jogando apenas um semestre de 2016 pelo São Paulo, Calleri deixou saudades na torcida tricolor. Foram 31 jogos e 16 gols, tendo atuações decisivas na Libertadores em que o clube chegou até a semifinal.

Publicidade

No mesmo torneio, o centroavante chegou a ser o artilheiro, com nove gols marcados.

Em entrevista exclusiva aos canais ESPN, o argentino revelou que anda conversando com representantes do São Paulo, com a intenção de deixar as portas abertas para o futuro. O atacante ainda disse que "tudo pode acontecer" nessa janela transferências.

Conseguir Calleri nessa janela de transferências pode ser um alívio para o São Paulo, que, até agora, no mercado, não conseguiu achar um jogador para assumir a camiseta 9 da equipe. #Mercado da bola #FutebolBrasileiro #São Paulo FC