Na manhã deste sábado (14) a Chapecoense escreveu mais um capítulo em sua bela história na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Jogando no estádio Novelli Júnior, em Itu, o time catarinense venceu o #Ituano por 1 a 0 e se classificou para as quartas de final da competição, ficando agora no aguardo do vencedor da partida entre São Carlos e Paulista de Jundiaí.

A primeira grande chance do jogo foi da #Chapecoense. Logo aos 2 minutos Guilherme bateu falta de longe e Gabriel voou para fazer grande defesa. E o time de Santa Catarina continuou dando trabalho para o goleiro do Galo de Itu, que teve grande chance aos 22 minutos, quando Pedro Henrique invadiu a área e saiu cara a cara com Tiepo, mas o goleiro da Chape praticou grande defesa.

Publicidade
Publicidade

Apesar do forte calor, o jogo seguiu intenso após a parada técnica, com os times criando boas oportunidades, mas sem abrirem mão da forte marcação.

Aos 9 minutos do segundo tempo o técnico Émerson Vini fez a mudança que decidiria a partida, trocando Lima por Vini. E foi dos pés do jogador que saiu o gol da classificação dos catarinenses. Aos 23 minutos, Alemão cruzou na medida para o camisa 8 cabecear firme e abrir o placar no Novelli Júnior.

O Ituano teve grande oportunidade de empatar a partida aos 37 minutos, quando Felipe Egídio girou em cima da zaga da Chape e bateu firme. A bola passou tirando tinta do poste de Tiepo. Nos minutos finais os donos da casa pressionaram muito, mas esbarraram na forte defesa do time verde, que jogava com muita inteligência até o apito final. “É um grupo muito unido, com certeza.

Publicidade

O que nos inspira são os guerreiros que se foram. Queremos continuar fazendo história”, disse o autor do gol da classificação após a partida.

Escalação

Chapecoense: Tiepo; Fauth, Luiz Pedro, Igor e Bruno (Allison) (Silvano); Ronei, Ned e Lima (Vini); Japa (Rhainer) Guilherme (Canhoto) e Luquinhas (Alemão). Téc.: Émerson Cris.

Ituano: Gabriel; Edson, Fellipe, Gustavo e Rafael Pavani (Giovanni); Ximenes, Baralhas e Bassani; Fagner Ramos (Lucas), Pedro Henrique (Felipe Egídio) e Patrick (Matheus). Téc.: Fabrício Nunes. #Copa São Paulo