Os fãs de tênis não poderão se queixar de tédio nós próximos 15 dias. A partir deste domingo, as madrugadas aqui no Brasil serão de puro divertimento e emoção pelo início do #Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada do tênis. A edição em 2017, em especial, traz ingredientes que prometem agitar as quadras do Melbourne Park já a partir desta noite. Confira cinco atrações imperdíveis para os próximos dias.

ELE VOLTOU!

Sim, Roger #Federer está de volta! Em 2016, o suíço ex-número 1 do mundo viveu algo inédito em sua carreira: longo período afastado por lesão. Foram mais de seis meses ausente por conta de uma lesão no joelho.

Publicidade
Publicidade

Agora, como cabeça de chave 17, ele aparece no meio da chave como uma espécie de "zebra". Detentor de quatro títulos na Austrália, Federer está de volta e estreia amanhã, por volta de 7h30 (Brasília), contra Jurgen Melzer, da Áustria.

CHEGOU A VEZ DE MURRAY?

Novo número 1 do mundo desde a temporada passada, o britânico Andy Murray vem em uma grande fase e surge como o principal cabeça de chave do Australian Open de 2017. Até hoje, ele nunca passou do vice-campeonato em Melbourne. Chegou a hora?

JOVENS AFIADOS

Com o gás de quem acaba de sair da adolescência e o talento de quem treina desde muito pequeno, jovens como Alexander Zverev, Dominic Thiem e o "garoto-problema" Nick Kyrgios são alguns bons nomes para ficar de olho nessa edição do torneio.

TRIO BRASILEIRO

O Brasil terá três representantes na chave principal masculina - por pouco não teve quatro, já que o gaúcho André Ghem caiu na última rodada do qualificatório.

Publicidade

Thomaz Bellucci, Thiago Monteiro e Rogério Dutra Silva serão os representantes do país, com os dois primeiros jogando já na madrugada deste domingo. Bellucci encara Tomic, enquanto Monteiro pega o favorito francês Tsonga.

DUPLA DEFENDE TÍTULO

O brasileiro Bruno Soares defenderá o título de 2016 ao lado do parceiro Jamie Murray, irmão do astro Andy. No ano passado, logo no início da parceria, os dois saíram de Melbourne com a taça. Agora, mais do que nunca, entram como favoritos. #AUSOpen