O #Corinthians terá pela frente sua primeira decisão na temporada. E a final da Flórida Cup será contra o São Paulo, um dos maiores rivais do Alvinegro. O Timão quer fazer bonito e ser o primeiro time a derrotar Rogério Ceni como técnico. Para isso, o clube do Parque São Jorge segue treinando firme nos Estados Unidos.

Nesta sexta-feira, Fábio Carille deu sequência às atividades e praticamente definiu a equipe que entrará em campo na final diante do São Paulo, neste sábado, às 21h. Tudo indica que o comandante fará alterações em relação ao time que venceu o Vasco por 4 a 1, na quarta-feira.

Durante o trabalho, foi possível ver três mudanças: Marlone e Romero saíram da equipe titular para as entradas de Marquinhos Gabriel e Kazim.

Publicidade
Publicidade

No meio-campo, Rodriguinho fez um trabalho à parte dos demais companheiros e deu lugar a Guilherme na equipe.

De acordo com a assessoria de imprensa do Alvinegro, Rodriguinho não apresenta nenhuma lesão e deve atuar normalmente. Se for confirmado o time que treinou nesta manhã, o Corinthians entrará em campo com: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Moisés; Gabriel, Camacho, Guilherme e Marquinhos Gabriel; Kazim e Jô.

Entre os reservas jogaram: Caíque; Léo Príncipe, Yago, Vilson e Marciel; Cristian, Paulo Roberto, Rodriguinho e Giovanni Augusto; Marlone e Romero.

Carille foi bem participativo no treino desta sexta-feira. O treinador conversou bastante com os jogadores, orientou o posicionamento da defesa e ainda inverteu por várias vezes as posições de Jô e Kazim. Vale lembrar que, por se tratar de uma final importante diante de um clássico, Carille não deverá alterar o time inteiro como fez na estreia contra o Vasco.

Publicidade

Novidades

Enquanto isso, o Corinthians segue trabalhando fora de campo para tentar contratar mais reforços e definir a situação de outros atletas dentro do elenco. Nos últimos dias surgiu a informação de que o lateral-esquerdo Moisés recebeu uma proposta da Rússia, do CSKA, e pode deixar o clube. No entanto, o jogador declarou que seu empresário está avaliando a situação. A saída de Uendel para o Internacional abriu espaço para o atleta, que poderia fazer uma boa temporada pelo Timão e ganhar mais visibilidade.

No caso Jadson, a novela continua. A cúpula alvinegra se assustou com a pedida do jogador de R$ 10 milhões em luvas mais R$ 650 mil em salários. Apesar disso, a diretoria acredita que pode conversar com o meia e reduzir os valores para fechar e trazê-lo de volta ao Parque São Jorge. #Reforços #mudança