O português Cristiano Ronaldo é um jogador multicampeão, adorado e idolatrado por milhões de pessoas em todo mundo. É o único que consegue disputar em condições de igualdade com Messi a condição de melhor jogador de futebol do planeta. Mas entre seus companheiros essa idolatria, essa quase unanimidade, está longe de ser uma realidade.

O site espanhol Diário Gol divulgou nesta sexta-feira uma matéria revelando que nem tudo são flores para o craque português entre seus companheiros do clube merengue. Embora ainda conte com o apoio de jogadores importantes do time como Pepe, Marcelo, Ramos e Coentrão, CR7 tem desafetos bem definidos no vestiário do #Real Madrid.

Publicidade
Publicidade

Os principais jogadores do clube espanhol que não apoiam #Cristiano Ronaldo são Isco, Morata, Asensio, Toni Kroos e Luka Modric, um dos principais atletas da equipe. De acordo com esse grupo, CR7 está numa fase de decadência e não justifica mais sua titularidade absoluta no Real Madrid.

Mas após a conquista da UEFA Champions League e da Euro 2016, além de receber o troféu de melhor jogador do mundo e o prêmio The Best da FIFA, Cristiano Ronaldo terminou a temporada em alta, dando pouca margem de manobra para seus críticos.

No entanto, alguns setores da crônica esportiva espanhola admitem que Cristiano Ronaldo já não é mais o mesmo de alguns anos atrás. As recorrentes lesões do português servem de argumento para os que entendem que o CR7 está vivendo seus últimos momentos na carreira e que dificilmente cumprirá o contrato com o Real Madrid até o final.

Publicidade

Na imprensa espanhola já existe um boato de que o clube merengue estaria vasculhando o mercado na busca de um substituto para Cristiano Ronaldo. O nome preferido seria do argentino Dybala, que acabou de renovar o contrato com a Juventus da Itália por um valor astronômico. Paulo Dybala é apontado por muitos como sendo o substituto de Lionel Messi.

O fato é que, em fim de carreira ou não, tendo desafetos no vestiário ou não, Cristiano Ronaldo já escreveu seu nome na história do Real Madrid. Superou praticamente todos os principais nomes que fizeram parte desse clube centenário. Dificilmente um outro jogador o substituirá de forma tão unânime junto ao torcedor merengue. #Resenha Esportiva