Desde as saídas de Renato Augusto e Jadson, o meio campo corintiano nunca mais foi o mesmo. Guilherme, que chegou para ser a solução da equipe alvinegra na posição, demorou um pouco para se adaptar e evoluiu somente no fim da temporada fazendo bons jogos e gols.

Tendo em vista a dificuldade da equipe no setor de armação das jogadas, o #Corinthians chegou a iniciar conversas com o meia Wagner, porém, já anunciou que desistiu de contar com o jogador nesta temporada.

O meia Jadson, campeão brasileiro pelo Corinthians em 2015, foi muito especulado, mas quando tudo parecia que não passava de meras especulações, o diretor Flávio Adauto, da equipe alvinegra, afirmou que o meia Jadson já conseguiu rescindir seu contrato com o clube chinês Tianjin Quanjian e está muito próximo do acerto com o Timão.

Publicidade
Publicidade

O meia de 34 anos já demonstrou diversas vezes seu desejo de voltar a atuar pelo Corinthians em suas redes sociais. Apesar de tudo isso, a assessoria de imprensa do atleta nega que o meia tenha rescindido seu contrato para atuar pelo Timão em 2017.

Ainda assim, a diretoria corintiana se mostra confiante em um acerto para o retorno do ídolo corintiano. Um forte indício de que de fato Jadson está muito próximo do Corinthians foi a decisão da diretoria de anunciar publicamente a desistência das negociações com o meia Wagner.

Na primeira passagem pelo Timão, Jadson chegou com um ar de desconfiança por parte dos torcedores. Vindo do São Paulo na troca por Pato, a pedido do técnico Mano Menezes, o jogador foi campeão brasileiro pelo clube em 2015, vice-artilheiro da equipe, e o jogador que mais deu assistências no Brasileiro de 2015.

Publicidade

Em números ninguém foi mais importante no campeonato de 2015 do que o jogador.

O Corinthians estreia na Flórida Cup no dia 18 de janeiro e terá ao longo do ano a disputa do Campeonato Brasileiro, a Sulamericana e a Copa do Brasil. O Campeonato Paulista, que começa em fevereiro, será o primeiro grande desafio do técnico Fábio Carille no comando da equipe. O que preocupa o técnico é a falta de entrosamento entre os jogadores recém chegados e a falta de treino tático com aqueles que ainda chegarão. #Esporte #FutebolBrasileiro