Finalmente! O #Corinthians oficializou Osmar Loss como novo integrante da comissão técnica para a temporada de 2017. Com isso, ele não será mais o comandante da equipe Sub-20, onde permaneceu nos últimos anos e conquistou grandes títulos.

O anúncio oficial aconteceu nesta segunda-feira, no período da manhã, pelo Timão. A partir de agora, Loss será auxiliar de Fábio Carille na equipe principal. O novo integrante chega com moral após conquistar seu quarto título da Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Inclusive, hoje não teve moleza e Loss já participou das atividades comandadas no CT Joaquim Grava. O Corinthians se prepara para o amistoso diante da Ferroviária, na quarta-feira, na Arena.

Publicidade
Publicidade

Será o último teste da equipe antes da estreia no Campeonato Paulista, no próximo final de semana, contra o São Bento, em Sorocaba.

O nome de Loss já estava praticamente garantido quando Carille foi efetivado no cargo. Isso porque os dois já se conhecem há anos e têm um ótimo entrosamento na transição da base com os profissionais. Ao longo da taça São Paulo, o então treinador da molecada comentava sobre a possibilidade e o desejo em trabalhar com o elenco profissional. Após o torneio, ele tirou um período de férias e então recebeu o convite que esperava.

A competência de Osmar Loss é incrível e os números à frente do Timão são surpreendentes. Somando todas as participações na Copinha, ele conquistou 31 vitórias, e teve apenas dois empates e uma única derrota, quando perdeu a final para o Santos.

Publicidade

O aproveitamento é de 94%.

Reforços

Agora, a nova comissão técnica faz os últimos ajustes antes da estreia oficial na temporada. O clube ainda espera acertar as contratações de Jadson e Drogba o mais rápido possível.

Em relação ao meia, o Corinthians recebeu uma contraproposta, na qual o jogador solicita três anos de contrato entre outras coisas. A diretoria está analisando e ficou de dar uma resposta para ter um desfecho ainda nesta semana.

Já no caso do atacante da Costa do Marfim, o Timão segue na expectativa de obter uma resposta. O veterano de 38 anos avalia, em conjunto com sua família, a possibilidade de trocar o velho continente para atuar no futebol brasileiro.

Outros jogadores do elenco, contudo, podem deixar o clube. Rodriguinho e Fagner estão sendo sondados neste momento, mas ainda não existe qualquer definição sobre o futuro dos atletas.