Todo ano a Copa São Paulo de Futebol Júnior dá o pontapé inicial no calendário esportivo brasileiro. O torneio acontece no mês de janeiro e, apesar do nome, recebe times do Brasil inteiro. Sua final sempre é disputada no dia 25 de janeiro, data do aniversário da cidade de São Paulo. Um dos maiores campeonatos nacionais de futebol amador para jovens de até 20 anos, a #Copa São Paulo começa com 120 times inscritos.

A última final foi entre as duas maiores torcidas do Brasil, Flamengo e #Corinthians. O Flamengo levou a melhor e levantou a taça, porém o alvinegro paulista é o maior campeão da copinha, como popularmente é chamado o torneio, com nove títulos.

Publicidade
Publicidade

Maiores vencedores e os que nunca levantaram a taça

Além de maior vencedor da Copa São Paulo o Corinthians é também o clube que mais vezes chegou a final, com 17 disputas. Logo depois dele vem o Fluminense com cinco títulos e o Internacional com quatro conquistas. São Paulo, Santos, Atlético Mineiro e Flamengo possuem três taças cada um.

Por outro lado, alguns times tradicionais nunca levantaram o caneco, como, por exemplo, Palmeiras, Grêmio, Botafogo, Bahia e Atlético Paranaense. Aliás, os times paranaenses não levam sorte no torneio, Coritiba, Londrina e Paraná também nunca tiveram conquistas na competição.

Conheça alguns craques revelados na Copa SP

Talvez a maioria se lembre que um dos destaques do ano passado foi Gabriel Jesus, que logo depois subiu ao time principal e ajudou o Palmeiras a conquistar o Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Valdívia também chamou a atenção jogando a copinha pelo Rondonópolis e se transferiu para o Internacional. Em 2008 e 2009, Neymar e Paulo Henrique Ganso brilharam pelo Santos, mesmo ano que Oscar também se destacou pelo São Paulo. Marquinhos, hoje zagueiro da seleção brasileira, foi destaque no título conquistado pelo Corinthians em 2012. Fred desde jovem já tinha faro de gol, ganhou destaque ao marcar o gol mais rápido da competição, aos 3s de jogo, atuando pelo América Mineiro em 2003.

Confira mais alguns craques que brilharam no torneio: Deco pelo Corinthians em 1997, Luizão pelo Guarani em 1994, Rogério Ceni pelo São Paulo e Dida pelo Vitória em 1993, Denner pela Portuguesa em 1991, Djalminha pelo Flamengo em 1990, Casagrande pelo Corinthians e Cafu pelo São Paulo na década de 80, Paulo Roberto Falcão pelo Internacional nos anos 70. #Neymar