Um dos maiores jogadores de todos os tempos, Ronaldinho Gaúcho pode estar de mudança para um novo destino. Na próxima semana, dirigentes do #Coritiba se reunirão com o staff do jogador para apresentar uma proposta oficial ao jogador de 36 anos.

A confirmação partiu do próprio empresário de Ronaldinho, o ex-jogador e irmão do craque, Assis. Em entrevista ao globoesporte ele disse: “temos uma reunião na semana que vem para ouvir a proposta do Coritiba. Ainda não sabemos onde será, se em Curitiba ou no Rio de Janeiro, mas vamos conversar sobre o assunto e ouvir o que o clube tem a dizer”.

A ideia do Coritiba é usar Ronaldinho como um chamariz para novas receitas, como informou À ESPN o vice-presidente do clube, Alceni Guerra: “Ele (Ronaldinho) faria parte de uma estratégia importante.

Publicidade
Publicidade

Queremos valorizar a nossa camisa, estamos absolutamente insatisfeitos com as cifras que recebemos e estamos atrás de um patrocinador de peso, atrairmos interesse do exterior, vender mais camisas, ingressos e também trazer sócios. O Belletti, então, está atrás desse grande craque para viabilizar esse negócio. Um dos cinco que trabalhamos é o Ronaldinho, cujo valores iniciais são possíveis de serem pagos e estamos estudando”.

Atualmente, o único concorrente do Coxa para a #contratação de Ronaldinho Gaúcho seria o Nacional do Uruguai. A notícia, assim que espalhada, tomou conta das redes sociais e levou os torcedores da equipe à loucura. Eles inclusive vem tentando convencer o jogador a aceitar a proposta através da internet.

Brilhante no Barcelona, Ronaldinho tem disputado apenas jogos festivos

Não é absurdo dizer que Ronaldinho Gaúcho foi o jogador mais brilhante dos últimos tempos.

Publicidade

Depois de aparecer no Grêmio e crescer no PSG, o jogador chegou ao Barcelona e, por lá, realizou jogadas e marcou gols que antes pareciam impossíveis. Não por acaso, ganhou até o apelido de “Bruxo”.

Porém, após sua saída do time Catalão, Ronaldinho nunca mais brilhou como antes. No Milan, até teve algum destaque, mas algo muito longe dos tempos da camisa azul e grená. Depois, no Flamengo, de um sonho da torcida transformou-se em uma tremenda decepção.

Ainda pelo Brasil, atuou no Atlético Mineiro onde, entre altos e baixos, conquistou a Copa Libertadores da América e teve atuação completamente apagada no fiasco do Mundial de Clubes.

Do Galo, rumou para o Querétaro, do México, onde também pouco fez. Seu último clube foi o Fluminense, time em que atuou por apenas nove jogos e não balançou a rede em nenhuma oportunidade.

Pelo resto de 2016, limitou-se a disputar jogos festivos e, salvo na Florida Cup, onde atuou por questões contratuais, não disputou sequer uma partida como contratado de uma equipe. Agora, seu empresário afirma que ele e Ronaldinho buscam um bom projeto para o encerramento da carreira do Bruxo. #Ronaldino