Com o imbróglio envolvendo o Maracanã, o Fluminense segue buscando alternativas para mandar seus jogos. Uma delas pode ser a prorrogação do contrato com o #América-RJ, válido até o próximo dia 31 de maio, por três anos para continuar utilizando as instalações do Giulite Coutinho, em Édson Passos, região metropolitana do Rio de Janeiro.

A diretoria do Tricolor prefere adotar a cautela sobre o assunto, especialmente após o ocorrido no final de dezembro, quando fortes chuvas derrubaram partes das arquibancadas do estádio. De acordo com o presidente do clube das Laranjeiras, Pedro Abad, antes de qualquer decisão, é necessário aguardar o resultado dos laudos que permitam estabelecer o quanto precisa ser gasto para reformar o local.

Publicidade
Publicidade

Já Sidney Santana, vice-presidente do América, em entrevista concedida ao portal Fut Rio neste domingo, deu maiores detalhes em relação à possibilidade de uma estensão da parceria entre as agremiações. Segundo ele, tudo está em uma fase embrionária, mas as chances de um acordo entre as partes é muito grande.

"Existe uma possibilidade de fecharmos um acordo pelos próximos três anos, mas isso ainda está na fase embrionária. Nosso contrato de uso feito ano passado foi muito bom. Já discutimos isso internamente e não há nenhuma objeção da nossa parte. Nada impede que esse prazo seja prorrogado, caso seja do interesse dos dois clubes", comentou o dirigente rubro.

Na temporada do ano passado, o Flu atuou em Édson Passos por onze jogos e sofreu apenas duas derrotas. No último Campeonato Brasileiro, o Tricolor alcançou, no Giulite Coutinho, resultados importantes que deram tranquilidade na luta contra um possível rebaixamento, especialmente nas dez rodadas finais, quando não obteve uma vitória sequer.

Publicidade

Esse casamento, porém, não acontecerá em 2017, uma vez que o estádio tem capacidade de 12 mil pessoas, inferior ao mínimo de 15 mil permitidos pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para o Brasileirão. Dessa forma, o Fluminense só poderia jogar no Giulite Coutinho durante o Campeonato Carioca, a Copa da Primeira Liga e até as quartas-de-final da Copa do Brasil. #Fluminense #PaixãoPorFutebol