Quando a bola começar no Engenhão às 17h (de Brasília) do domingo contra o Vasco, o #Fluminense, além de tentar uma vitória já na primeira rodada do #Campeonato Carioca de 2017, estará iniciando a caminhada para encerrar um incômodo jejum. Desde 2012, o Tricolor, 30 vezes campeão estadual, não levanta a taça da competição.

Para dar mais otimismo de seu torcedor, a agremiação das Laranjeiras, na ocasião, era dirigida pelo mesmo técnico atual: Abel Braga. Na final, realizada em dois jogos, a equipe, que contava com jogadores renomados, casos de Deco, Fred e Thiago Neves, garantiu o título em cima do Botafogo (vitórias de 4 a 1 e 1 a 0).

Publicidade
Publicidade

Ao tomar conhecimento da marca negativa, Abel ressaltou a grandeza do Fluminense e espera que um resultado positivo na estreia possa ser fundamental para o time buscar o fim do jejum.

"Vamos tentar quebrar isso. Fluminense tem tradição. Ganha um, dois jogos, e o torcedor empolga. Se ganhar domingo, o mental fica forte", explicou o treinador em entrevista concedida na última sexta.

Treino de bolas paradas marcam o fim da preparação para o clássico

Na manhã deste sábado, o Fluminense encerrou a sua preparação para o confronto diante do Vasco. Mesmo debaixo de um sol forte, os jogadores não tiveram moleza no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Inicialmente, foram submetidos a um trabalho de preparação física. Em seguida, realizaram uma longa atividade de bola parada.

Publicidade

Para terminar, houve o tradicional recreativo de véspera de jogos.

Conforme havia prometido, o técnico Abel Braga não deu qualquer pista do time titular. A única certeza será o retorno de Gustavo Scarpa, que não participou da estreia vitoriosa na Copa da Primeira Liga (3 a 2 sobre o Criciúma, em Juiz de Fora, na terça passada) por estar com a Seleção Brasileira no amistoso contra a Colômbia na última quarta, no Engenhão. Outra novidade deverá ser a estreia do lateral-direito Lucas, reforço trazido junto ao Palmeiras.

Logo após o treinamento, o elenco foi liberado e só se reúne no dia do jogo, na hora do almoço, em um hotel na zona sul do Rio. Logo em seguida, a delegação segue para o Engenhão. #PaixãoPorFutebol