Bruno de Carvalho, Presidente do Sporting, tem conseguido contratar praticamente todos os jogadores que Jorge Jesus pede, especialmente no início das temporada, contudo o técnico português não tem conseguido aproveitar bem os milhões que são investidos no seu plantel. Tal como informa o site do jornal “Correio da Manhã”, com contas muito breves, e em apenas um ano e meio no Sporting, Jesus já gastou 23,7 milhões de euros em flops, ou seja, em jogadores que não conseguiram se afirmar no clube. Alan Ruiz, que ainda recentemente foi multado pelo time, foi o mais caro deles todos: 7,04 milhões.

Apesar do Sporting ter apresentado resultados negativos nas suas finanças, sendo o último semestre a única exceção, a verdade é que a direção da instituição portuguesa está fazendo de tudo para conseguir que o time seja campeão português já nessa temporada, mesmo que o clube esteja a oito pontos do líder Benfica.

Publicidade
Publicidade

Mas será que a quantidade de milhões investidos é sinônimo que o plantel fica mais forte?

A verdade é que com Jorge Jesus, pelo menos até agora, isso não se tem verificado. Como garante o jornal “Correio da Manhã”, nomes como Bruno Paulista, Barcos, Alan Ruiz, Élias e Castaignos são os principais responsáveis para que os milhões gastos em flops tenham passado os 23 milhões de euros, um gasto inédito na história do Sporting nas últimas décadas. Se os milhões gastos já são bons, outra dor de cabeça parece ser conseguir fazer com que os jogadores possam sair imediatamente do clube, tentando ao máximo devolver parte do investimento que foi gasto neles.

Nas redes sociais, muitos sócios sportinguistas estão em choque com os milhões gastos pelo técnico português, questionando novamente se o seu Presidente deveria continuar disponibilizando tudo o que Jorge Jesus pretende, sem que ele consiga mostrar grandes resultados desde que chegou.

Publicidade

De relembrar que o técnico português é um dos mais bem pagos do mundo, recebendo cerca de quatro milhões de euros por ano, sem ter conseguido alcançar o seu objetivo principal para a sua contratação: o campeonato português. #Economia #Negócios