Um dos grandes problemas no elenco do #Inter no último ano estava na lateral esquerda, setor por onde passaram diversos jogadores, como os laterais Artur e Gefeson e até o zagueiro Ernando, mas que não convenceram a comissão técnica do clube. Com isso os dirigentes do clube estão no mercado buscando novas opções para essa posição. O clube realizou sondagens pelos laterais Sidcley, do Atlético-PR, e Mena, do Cruzeiro, mas as conversas não avançaram por causa dos altos valores envolvidos nas negociações.

Neste momento a contratação que parece estar mais próxima de ser concretizada é a do lateral esquerdo #Uendel, que atuou por toda a última temporada pela equipe do Corinthians.

Publicidade
Publicidade

O único detalhe que falta ser negociado é o tempo de contrato do atleta com o clube. O Internacional deseja adquirir os direitos do atleta junto com o clube paulista, podendo até ser envolvido na negociação uma troca de jogadores entre os clubes.

Até o momento o Inter só oficializou a contratação do atacante Roberson, que atuou na temporada passada pelo Juventude, e a volta de D'Alessandro, que atuou na temporada passada emprestado para o River Plate. Se concretizada a negociação com Uendel, o lateral de 28 anos será o terceiro reforço do clube para esta temporada. O clube ainda negocia com os zagueiros Diego Polenta, que joga pelo Nacional-URU, e com Neris, que atuou por toda a temporada passada pelo Santa Cruz.

William pode estar de saída do Internacional

Se por um lado o Inter pode se reforçar para a lateral esquerda para a próxima temporada, por outro lado o clube pode ter um dos grandes destaques do ano passado indo embora.

Publicidade

#William, titular incontestável da lateral direita do Inter, pode estar de saída do clube gaúcho para a Europa.

Isso ocorre porque no fim de dezembro o Inter recebeu uma oferta do Wolfsburg de R$12 milhões de reais pelo atleta. Após receber a oferta, o clube gaúcho tentou nesta última segunda uma renovação do contrato do jogador, que deixou claro o desejo de ser negociado com o clube europeu.

Se a saída de William for concretizada, o clube gaúcho terá um grande problema para a próxima temporada, pois o reserva imediato para a posição é Ceará, que enfrentou diversas lesões no último ano.