Na manhã desta sexta-feira, dia 13/01/17, o Spartak, da Rússia, publicou em seu site oficial, a rescisão de contrato com o volante Romulo, que defendeu o clube desde o ano de 2012. O Spartak publicou uma nota de agradecimento ao jogador, pelos anos de atuações e títulos conquistados e ainda desejou a ele sucesso na carreira.

Romulo tem como destino o Brasil, mais precisamente o #Futebol carioca, onde defenderá o #Flamengo, seu maior ex-rival, já que Romulo teve passagem pelo Vasco da Gama, e foi campeão da Copa do Brasil, pelo Cruzmaltino, em 2011.

Segundo informações, Romulo assina com o clube carioca por 4 temporadas e chega ao clube com status de titular, para disputar a Copa Libertadores da América.

Publicidade
Publicidade

Romulo retorna ao Brasil ainda neste fim de semana, e deve ser apresentado oficialmente pelo Flamengo, até a próxima terça-feira, onde firma contrato e também fará exames médicos.

Através das redes sociais, Romulo já interage com a torcida do Flamengo e agradece o apoio recebido por parte da torcida, onde fala as seguintes palavras: “- Bom dia, Brasil. Venho agradecer ao Flamengo pelo esforço empreendido para contar comigo em seu elenco nas próximas quatro temporadas. Obrigado mais uma vez ao torcedor que desde as primeiras sondagens já abraçou meu nome”. Romulo chega para reforçar o time no setor do meio de campo, onde o clube também já se movimentou no #Mercado da bola e contratou o meio campo argentino, Conca.

Trajetória

Romulo iniciou a sua trajetória no mundo da bola no Porto de Caruaru, logo após deixar sua cidade natal, Picos, no Piauí.

Publicidade

Ao se transferir, no ano de 2010, para o Vasco da Gama, o volante chegou para o time de juniores, mas logo se destacou na base do clube e foi promovido ao time profissional. Em 2011 Romulo assumiu a posição de titular, no time montado por Ricardo Gomes, técnico do Cruzmaltino na época, onde veio a conquistar o titulo da Copa do Brasil. Já no ano de 2012, o Gigante da Colina negociou o jogador para o Spartak, da Rússia, onde o jogador atuou até agora, tendo também passagens pela seleção sub-20 do Brasil, e seleção principal, na "Era Dunga".