Todos sabem que #Lionel Messi é praticamente um "Deus" no Barcelona e, à medida em que os dias passam e a renovação do seu contrato não acontece, os torcedores do clube espanhol vão ficando mais nervosos. Como se não bastasse isso, nas duas últimas partidas do Barça pela Copa do Rei e pelo Campeonato Espanhol, o argentino foi mais uma vez decisivo marcando dois golaços de falta. Além disso, "La Pulga" estabeleceu outro recorde na sua já vitoriosa carreira, é o jogador do Barcelona que mais vezes marcou gols de falta na história do clube.

Mas faltando 18 meses para o encerramento do seu atual vínculo com o clube catalão, não houve ainda nenhum sinal de que as coisas estão caminhando para um entendimento.

Publicidade
Publicidade

A entrevista coletiva concedida ontem pelo diretor do Barcelona, #Oscar Grau, sem dúvida deixou os fãs e torcedores de Messi, muito apreensivos. Grau declarou que a oferta que o clube fará para a renovação de contrato do argentino está relacionada com o aumento de receita a ser gerada pelos patrocínios e vendas de jogadores. Por conta dessa contenção de gastos, o dirigente chegou a dizer que ninguém será contratado na atua temporada, a menos que outro jogador saia.

Uma norma da Federação Espanhola estabelece que nenhum clube pode gastar mais de 70% do que arrecada com o pagamento de salários para jogadores. Com a renovação dos contratos de Neymar e Suárez, o Barcelona chegou muito próximo de atingir esse patamar, lembrando que, no caso do brasileiro, foi necessário gastar um pouco mais, pois o atacante estava sendo pretendido pelo PSG.

Publicidade

Esse limite de gastos deixa o clube espanhol numa margem estreita para negociar as reivindicações salariais de Messi para renovar o contrato. Além disso, o craque argentino já deixou claro que quer ser o jogador mais bem pago do Mundo com um salário em torno de 30 milhões de euros por temporada.

Embora Oscar Grau declare que pretende ver Messi jogando no Barcelona na próxima temporada, como um homem ligado às finanças do clube, age de forma racional e admite que o clube vai cumprir os índices de gastos com os jogadores e não pretende fazer "loucuras" O clube catalão já tem a segunda maior folha salarial do Mundo, atrás apenas do Manchester United da Inglaterra. A demora na renovação do contrato de Messi causou, inclusive, irritação num dos principais companheiros do argentino, Luis Suárez que cobrou maior agilidade dos dirigentes para estender o vínculo com "La Pulga." #FC Barcelona