O Palmeiras começou com o pé direito sua caminhada na 48ª Copa São Paulo de Futebol Júnior. Jogando no estádio Arena da Fonte Luminosa, em #Araraquara, nesta segunda-feira (2), o Verdão teve trabalho, mas venceu o Paranoá, de virada, por 3 a 2, e lidera o grupo 7 com 3 pontos, 2 a mais que Ferroviária e Villa Nova, que na partida preliminar, não saíram do zero a zero.

O primeiro gol da Copinha não demorou a sair. Logo aos 3 minutos, após cobrança de escanteio, Igor desviou a bola, que ainda tocou em um jogador palmeirense antes de morrer no fundo das redes. O empate dos paulistas veio aos 21 minutos quando Juninho serviu Fernando que, da entrada da área, bateu com efeito para deixar tudo igual.

Publicidade
Publicidade

Mas, ainda no primeiro tempo, o time do Distrito Federal voltou a ficar na frente. Aos 42 minutos, a zaga do #Palmeiras afastou mal e Caio pegou da entrada da área: 2 a 1.

No segundo tempo, o Palmeiras voltou disposto a reverter sua situação, chegando a acertar uma bola no travessão. O Paranoá também perdeu grande chance, um pouco antes, com Igor, que ficou cara a cara com o goleiro, mas errou na hora de finalizar.

Depois de muito insistir, finalmente, o time paulista chegou ao empate, aos 34 minutos, com um belo gol de Iacovelli, que tinha acabado de entrar. O jogador matou no peito no centro da grande área e, sem deixar a bola cair, bateu bonito para colocar 2 a 2 no placar. E tinha mais. Aos 38’, após cruzamento da direita, Léo Passos desviou de cabeça para virar o marcador e dar números finais ao duelo.

Publicidade

O próximo compromisso do Palmeiras será na quinta-feira (5), novamente na Arena Fonte Nova, contra o Villa Nova. A bola começa a rolar às 21 horas. Antes, o Paranoá tentará sua recuperação contra a Ferroviária, às 19 horas.

Palmeiras: Daniel Fuzato; Vitão, Augusto, Cadina e Matheus Bahia; Juninho, Joílson (Kauê), Gabriel Barbosa (Iacovell), Alan (Maílton); Fernando (Vitor Santos) e Léo Passos.

Paranoá: Heverton, Maicon, Kayro, Lucas Gomes e Ramon; Kennedy, Matheus, Christian (Luciano) e Igor; Pedro (Alex) e Elifrank. #Copa São Paulo