O presidente do Osasco Audax, o pentacampeão #Vampeta, abriu as portas para o jogador Heltton Matheus Cardoso Rodrigues, que ficou conhecido por atuar no pelo Paulista, na #Copa São Paulo de Futebol Júnior, com nome e idade adulterados - prática no meio futebolístico conhecida como “#gato”. O fato causou a desclassificação do time de Jundiaí da competição, que perdeu a vaga na final desta quarta-feira (25) para o Batatais. O jogador ainda está desaparecido.

O ex-jogador do Corinthians e da Seleção Brasileira afirmou que não foi correto o que Heltton fez, porém acredita não ser correto execrar o jogador, que ainda tem o sonho de jogar futebol.

Publicidade
Publicidade

Ele lembrou ainda o fato de o atleta ser negro e, por isso, sofrer mais discriminação.

O mandatário do time osasquense ainda falou em arrumar um advogado para o jogador. Vampeta disse que não está defendendo que tem que ser "gato", mas é preciso dar uma nova oportunidade e bons exemplos. “Ele não roubou, não usou arma para matar alguém”, disse o pentacampeão, que afirmou também que assim que o jogador estiver apto para voltar a jogar futebol e resolver os problemas com a Justiça, lhe oferecerá um contrato com o Audax.

O caso

Na véspera da semifinal da Copa São Paulo contra o Paulista, a diretoria do Batatais recebeu uma denúncia de que o zagueiro Brendon estava jogando com os documentos de uma pessoa que está presa no Rio de Janeiro. Após checagem, descobriu-se que Brendon na verdade se chama Heltton Matheus Cardoso Rodrigues e nasceu em março de 1994, ou seja, tem idade acima do permitido para disputar a competição.

Publicidade

Na segunda-feira (23), o jogador não apareceu para treinar e a diretoria do Paulista e seu empresário abriram boletim de ocorrência relatando seu desaparecimento. Mais tarde, o Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista julgou o caso e eliminou o time de Jundiaí da competição, colocando em seu lugar o Batatais, que havia sido derrotado no campo por 5 a 1.

Corinthians e Batatais decidem o título da Copa São Paulo nesta quarta-feira (25), às 16 horas, no estádio do Pacaembu.