A Federação Europeia de Futebol (UEFA) divulgou na tarde desta quinta-feira (05) a relação dos 11 jogadores que participaram da Champions League 2016 e que foram os mais votados entre os internautas. O Real Madrid foi a equipe com mais representantes apresentando quatro integrantes.

Os mais votados no clube merengue foram Cristiano Ronaldo, Sergio Ramos, Modric e Kroos. O Barcelona foi a segunda equipe com mais atletas escolhidos pelos internautas. A equipe catalã teve como representantes na seleção do ano da UEFA, Messi, Iniesta e Piqué. Já Griezmann do Atlético de Madrid, Boateng do Bayern Munique, Buffon e Bonucci da Juventus, completaram a seleção dos melhores de 2016.

Publicidade
Publicidade

Entre os 11 escolhidos pelos internautas nenhum brasileiro foi lembrado. Muitos esperavam que pelo menos Neymar e Marcelo, que são figuras importantes no Barcelona e no Real, respectivamente, pudessem constar nessa relação.

Outro dado importante é que o jogador mais votado não é Messi e nem Cristiano Ronaldo, mas sim Sérgio Ramos. O português ficou em segundo lugar, deixando o argentino com a terceira posição. Apesar de não ter ficado em primeiro lugar na lista dos mais votados, CR7 já figurou nessa relação em 11 oportunidades, sendo 10 consecutivamente. Enquanto que Lionel Messi foi votado em oito edições.

A UEFA divulgou ainda o percentual de votos que cada continente apresentou nessa votação. Quase a metade, 48%, vieram da Europa. A Ásia participou com 25%, a América do Sul contou com 10% da votações, a América do Norte 9%, a África 7%, enquanto que a Oceania contribuiu com 1% dos internautas votantes.

Publicidade

Aos brasileiros, fica a expectativa de que a partir do trabalho do técnico Tite na Seleção Brasileira, resgatando o prestígio do selecionado canarinho, alguns dos nossos jovens valores como Neymar, Gabriel Jesus, Marcelo e Phillippe Coutinho, possam constar da edição dos melhores da UEFA em 2017. São atletas de reconhecido talento, mas que nos últimos anos, ofuscados pelo mau momento do futebol brasileiro como um todo, não conseguiram brilhar como imaginava o torcedor. #UEFA 2016 #Resenha Esportiva #Real Madrid