O #Corinthians, que tinha definido o jogador Gabriel, ex-Palmeiras, como o seu alvo para ser o novo volante do clube, viu-se forçado a repensar as possibilidades para reforçar o setor. Tudo porque o Genoa, da Itália, entrou na briga para contratar o jogador, forçando assim o Corinthians a gastar um valor acima do esperado. O nome de um possível reforço que ganhou destaque nesse fim de semana foi o do meia-volante #Fellipe Bastos, que já defendeu o #Vasco, Ponte Preta e Grêmio. Atualmente Fellipe Bastos defende as cores do Baniyas, clube árabe que amarga a última colocação no campeonato dos Emirados Árabes Unidos. Em contato com a equipe e reportagem esportiva do site Yahoo, o diretor esportivo do alve negro, Flávio Adauto, não confirmou o acerto com o meia, mas afirmou que existem negociações em curso.

Publicidade
Publicidade

Na época em que saiu do Brasil, Fellipe Bastos atuava pelo Grêmio, mas o seu passe pertencia ao Vasco da Gama, que o comprou ao Benfica, de Portugal, em uma negociação que também envolveu o atacante Eder Luiz. O meia foi comprado pelo Al-Ain, e depois de atuar por uma temporada pela equipe, onde foi vice-campeão, foi emprestado ao Baniyas, onde atuou em todas partidas dessa temporada como titular mas não marcou nenhum gol.

Caso o Corinthians contrate o volante de 26 anos, que também interessa ao Vasco da Gama, ele será o segundo reforço para o setor, já que na semana passada o clube paulista contratou o jogador Paulo Roberto, ex-Bahia e ex-Sport. Esta contratação não foi muito bem aceita pela torcida e forçou a diretoria do clube a buscar um nome de mais prestígio e força.

Publicidade

Interesse Vascaino

Já por parte do Vasco, o clube continua acompanhando o desfecho da negociação entre o Corinthians e o jogador. Fellipe Bastos atuou pelo Vasco entre o período de 2010 a 2014, já sob o comando do técnico Cristóvão Borges, e deixou um boa impressão no clube. Caso se confirme a contratação, Fellipe será o terceiro reforço do clube carioca para a temporada de 2017, depois do meia argentino Escudero e o atacante Muriqui.