Em nota emitida ao jornal Estado de São Paulo nesta quinta-feira, a #FIFA esclareceu a forma como reconhece os campeões mundiais de clubes. Segundo a entidade, os times que venceram as Copas Rio e Intercontinental, que duraram até o final dos anos 90, não são reconhecidos como campeões do mundo.

Apenas o vencedor da edição inaugural de 2000 e todos os outros a partir de 2005, quando o torneio ganhou o formato que é mantido até hoje, envolvendo representantes de todos os continentes. Dos brasileiros, apenas três venceram o torneio e são reconhecidos pela Fifa: São Paulo (2005), Inter (2006) e Corinthians (2012).

O São Paulo, sob comando de Paulo Autuori, venceu o Liverpool em 2005 e ficou com a taça do primeiro "novo" #Mundial.

Publicidade
Publicidade

No ano seguinte, o Inter bateu o Barcelona de Ronaldinho Gaúcho e fez história. Em 2007, deu Milan; 2008, Manchester United; 2009, Barcelona; 2010, Inter de Milão.

Em 2011, o Barcelona treinado por Pep Guardiola voltou a vencer a competição em uma goleada por 4x0 sobre o Santos, que foi o único brasileiro vice-campeão no novo formato. O Corinthians ficou com a taça em 2012, após uma vitória por 1x0 sobre o Chelsea.

Em 2013, foi a vez dos alemães do Bayern de Munique ficarem com a taça. Real Madrid, Barcelona e novamente Real Madrid, respectivamente, ganharam nos três anos seguintes.