Jorge Jesus protagonizou novamente um dos momentos mais insólitos da presente temporada do Campeonato português. Tal como informa o jornal “Sol”, depois de um treinamento aberto ao público, o técnico do Sporting foi falar com alguns dos presentes, pensando que apenas estavam sportinguistas no local para apoiar o time. Rapidamente percebeu que, pelo menos um senhor não era da torcida do Sporting, acabando por trocar algumas palavras duras com o benfiquista. “Antes de eu lá chegar não havia vitórias”, detonou Jorge Jesus, que rapidamente se afastou do local para não causar nenhum tipo de confusão, apesar de alguns gritos que essa “discussão” provocou.

Publicidade
Publicidade

Depois de ter abandonado o Benfica para trabalhar no rival Sporting, Jorge Jesus rapidamente se tornou um dos maiores protagonistas do futebol português na atualidade, nem sempre pelos melhores motivos. Se o técnico conseguiu bons resultados no Benfica, a verdade é que os seus últimos dois anos têm sido uma grande desilusão, algo que parece estar perturbando muito Jesus, que não consegue sequer ouvir uma crítica, sem responder de forma dura.

Foi precisamente isso que aconteceu no último treinamento do Sporting, antes do jogo contra o Chaves, um dos mais importantes da temporada até agora. Como é percetível no vídeo do momento, que se tornou viral em poucas horas, é possível ver Jorge Jesus encarando um benfiquista “olhos nos olhos”. Tal como garante o site do jornal o “Sol”, depois de ouvir uma piada básica do benfiquista, o técnico do Sporting sentiu a necessidade de responder com uma provocação clara.

Publicidade

Rapidamente muitos gritos de “boa, boa” foram ouvidos, não se sabendo ao certo qual foi a reação do torcedor do Benfica depois de ter sido humilhado à frente de um grande grupo de sportinguistas. Nas redes sociais, muitos benfiquistas ficaram chocados e revoltados pela forma como Jesus teve a necessidade de menosprezar o senhor, que apenas quis fazer uma piada simples sobre os seus fracassos nos últimos meses, desejando que ele perca o jogo de hoje, dia 17 de janeiro, “para ganhar alguma humildade”. #Polêmica #Negócios #Futebol Internacional