O Brasil sempre foi um país que se destacou por algumas características muito positivas, tais como: alegria contagiante de seu povo, técnica refinada dos jogadores brasileiros, que até hoje encanta o mundo, a beleza única de suas mulheres e as músicas dançantes (embora muitas delas sejam de gosto duvidoso para os ouvidos mais apurados), entre tantos outros itens. Imagine você então, se todos estes “ingredientes” forem reunidos em uma única situação real. Foi exatamente isto o que aconteceu em 3 de janeiro. A música que está estourando como uma das mais pedidas nas paradas de sucesso e redes sociais em geral, “Deu Onda”, acabou contagiando o meia de #Futebol Ricardo Goulart, que atuou pelo time mineiro do Cruzeiro e na atualidade defende o "Guangzhou Evergrande" da #China.

Publicidade
Publicidade

Sim, é isto mesmo, o jogador que está curtindo as tão desejadas férias no Brasil, gravou um vídeo movimentado junto com Diane Goulart, que é a linda esposa do craque, e não demorou muito para que a moça compartilhasse a coreografia para lá de animada da dupla ao sabor do #Funk do momento.

Ricardo Goulart bem que tentou mostrar o quanto é desenvolto na arte da dança, rebolou para a câmera ou algo como uma tentativa próxima disso, para a alegria de toda a sua legião de fãs dentro e fora do Brasil, mas quem de fato abrilhantou o vídeo foi Diane, a qual teve melhor performance do que o marido.

Rapidamente o vídeo em questão começou a ser compartilhado sucessivamente na web e, até o momento, um número superior a 31 mil internautas já pode visualizar a postagem da mulher do jogador, alcançando cerca de 2 mil “likes” ou curtidas.

Publicidade

Diane fez questão de escrever o seguinte na postagem: "O seu sorriso me dá onda. A pedido de muitos".

Não foi à toa que Goulart foi consagrado como o melhor jogador do Campeonato Chinês do ano passado, pois jogou muito em 2016, e agora aproveitou o término da competição para voar rumo ao Brasil junto da mulher. Vale frisar que Ricardo assinou um contrato que dura ainda mais 3 anos com o time Guangzhou Evergrande; entretanto, o atleta não desconsidera largar os chineses neste ano e retornar ao Brasil.