A Chapecoense ganhou mais um reforço para a montagem de seu elenco. Após defender o Kyoto Sanga, da segunda divisão japonesa, no ano passado, o volante Andrei Girotto está bem próximo de assinar contrato com o time catarinense. Em 2015, ele marcou o terceiro gol do #Palmeiras na vitória por 3 a 2 contra o Internacional nas semifinais da #Copa do Brasil, no Allianz Parque.

O tento foi decisivo para a classificação dos alviverdes para a decisão contra o Santos, de onde saíram vencedores. Apesar de ter marcado um gol importante, o jogador foi pouco aproveitado no time em 2016. Com isso, se transferiu por empréstimo para a equipe japonesa, em que fez 36 jogos e marcou 5 gols, desempenho que o fez ter grande status no clube, com sua imagem sendo explorada em vários produtos oficiais.

Publicidade
Publicidade

O volante chegou a ser oferecido ao Atlético GO, mas está fora dos planos do time do centro-oeste, que retorna à Série A após o título da segunda divisão nacional.

Em contato com a reportagem dos canais ESPN, o atleta de 24 anos revelou que só falta a realização dos exames médicos para assinar contrato. O jogador se profissionalizou no Metropolitano de Santa Catarina, passou por Hercílio Luiz, Tombense, América Mineiro e finalmente o Palmeiras, o qual ainda é dono de seus direitos federativos.

Se concretizado o negócio, este será o nono jogador a desembarcar na Arena Condá após a tragédia que vitimou praticamente todo o elenco da #Chapecoense, em novembro passado. O time já conta com o goleiro Elias, ex-Juventude, o lateral Zaballos, que estava no Defensor do Uruguai, o zagueiro Douglas Grolli, que pertence ao Cruzeiro, mas jogou o último Brasileirão pela Ponte Preta, o volante Moisés, vindo do Grêmio, o meia Nadson, que estava no Paraná, e os atacantes Rossi (Goiás), Dodô (Figueirense) e Wesley Natã (Bahia).

Publicidade

Copinha

Após perder na estreia para o Nova Iguaçu por 2 a 0, a Chapecoense terá um jogo decisivo nesta quinta-feira (5), pela Copa São Paulo de Futebol Júnior. O time entra em campo, às 16 horas, para enfrentar o Sampaio Corrêa, no Estádio Ernesto Rocco, em Porto Feliz. Um novo tropeço praticamente tirará as chances de classificação da equipe para a segunda fase da competição.