A novela da dívida entre #Atlético Mineiro e #Grêmio continua. O novo capítulo agora é a tentativa de pagamento por parte do clube mineiro, que no momento deseja incluir um jogador para quitar parte do que deve ao tricolor gaúcho.

O nome oferecido pelo Atlético é de #Maicosuel, meia atacante. O jogador veio ao clube em 2014 com status de craque e logo conquistou os títulos da Recopa e da Copa do Brasil. Em seu melhor momento pelo clube mineiro, o jogador acabou sendo emprestado ao clube árabe Al Sharjah, mas voltou ao Atlético em 2016.

Como o Grêmio está atrás de reforços para o meio campo, a diretoria do Atlético imaginou que seria bem visto oferecer um jogador da posição para o Grêmio.

Publicidade
Publicidade

Porém, inicialmente, não foi assim que a diretoria do Tricolor gaúcho viu o negócio, argumentando sobre os motivos de não aceitar apenas o jogador no negócio.

O motivo principal é considerar que o jogador faz a mesma função que Everton, Pedro Rocha e Fernandinho em campo. Portanto, não seria tão bem aproveitado no time. O Grêmio está necessitando, após a lesão de Douglas, é um meio campista que faça a função de armador.

Inclusive está em busca do jogador no mercado. Os nomes de Lucas Lima, do Santos, e de Paulo Henrique Ganso, do Sevilla, já foram sondados pela direção.

Maicosuel já jogou em diversos clubes do futebol mundial: Paraná, Cruzeiro, Desportivo Brasil, Palmeiras, Botafogo (onde ganhou grande destaque), Hoffenheim, Udinese, Atlético Mineiro e Al Sharjah. O atleta começou o ano como titular, mas atualmente é reserva no clube mineiro.

Publicidade

O jogador, inclusive, falou sobre isso nos últimos dias em entrevista para o UOL Esportes: "Acho que essa é uma questão que cabe ao Roger. Vou tentar seguir fazendo a minha parte, independentemente de começar jogando ou não. Tenho confiança de que assim as demais coisas positivas acabarão acontecendo com naturalidade", declarou.

Pelo visto esta novela ainda esta longe de terminar. O Grêmio segue em busca do dinheiro total da dívida, e o Atlético Mineiro deve fazer novas propostas nos próximos dias.