Mesmo estando à frente do placar por duas vezes, o #atlético-pr não conseguiu segurar o resultado e apenas empatou em 3 a 3 com os paraguaios do Deportivo Capiatá nesta quarta-feira, dia 15, pela Libertadores da América. Jogando em casa, na Arena da Baixada, o time brasileiro abriu o placar, levou a virada, voltou a passar na frente do placar, mas sofreu o empate no fim e agora viaja para o país vizinho com a ingrata missão de vencer fora de casa na próxima quarta, dia 22.

Publicidade

O jogo

Após um início de jogo estudado entre as duas equipes, o placar foi aberto aos 20 do primeiro tempo depois de uma incrível cobrança de falta de Felipe Gedoz, que colocou a bola na rede para o Furacão. Quando a etapa se caminhava para o final, o time paranaense vacilou e viu Noguera empatar de cabeça aos 44 após cruzamento na área.

No segundo tempo, os paranaenses tentaram voltar a frente do placar, mas pararam nas mãos do goleiro adversário. Aos 7, a zaga dos donos da casa voltou a falhar, e Ledesma completou de cabeça após novo cruzamento na área paranaense.

Novamente coube a Felipe Gedoz salvar os donos da casa. Após arriscar um chute de fora da área, o jogador viu a bola bater no braço de um defensor paraguio. O juiz assinalou pênalti, que o próprio Gedoz bateu e marcou pra deixar tudo igual, 2 a 2.

Aos 15, o Atlético-PR ficou com um a mais após expulsão de Paredes, que levou o segundo amarelo após cometer falta em Grafite. Com a superioridade numérica, os paranaenses pressionaram e conseguiram voltar a ficar na frente aos 39, quando Pablo recebeu bola aérea e fuzilou com o pé para dentro das redes.

Vencendo e com um homem a mais, o Atlético-PR sofreu um verdadeiro banho de água fria aos 43 do segundo tempo, quando a zaga do clube vacilou mais uma vez e viu González marcar outro de cabeça após cruzamento de escanteio.

Agora, o time precisa vencer fora de casa ou empatar por quatro gols ou mais para conseguir se classificar para a fase de grupo da #Libertadores 2017. #Futebol