Um dos grandes trunfos do #Grêmio para a temporada de 2017 era a manutenção da base do ano anterior, pilar na conquista da Copa do Brasil - que quebrou um jejum de 15 anos sem grandes títulos no clube. A diretoria tricolor até pregava o discurso da importância da continuidade do elenco, isso porque nenhum reforço de "lotar aeroporto" foi contratado.

Mas a manutenção da base campeã de 2016 caiu por terra nas duas últimas semanas. E, para muitos, justo no setor mais importante de um time de futebol: o meio campo. Primeiro, o volante Walace acabou negociado com o Hamburgo, da Alemanha. A negociação se deu dias antes do fechamento da janela de transferências para a Europa e, de certo modo, pegou o Grêmio de surpresa.

Publicidade
Publicidade

Em um primeiro instante, o técnico Renato Gaúcho escalou Jaílson como novo titular na vaga de Walace. No grupo, o treinador ainda tem os novatos Arthur e Kaio, além do recém contratado Michel, destaque do Atlético-GO na Série B do ano passado. O experiente Léo Moura, habitual lateral-direito, também pode exercer a função na cabeça de área. Mas o fato é que o Grêmio perdeu qualidade e entrosamento com a saída de Walace.

Não bastasse a perda do volante, o Grêmio teve uma outra baixa significativa nesta semana. Na quarta-feira, durante um treinamento em Porto Alegre, o meia Douglas acabou rompendo os ligamentos do joelho esquerdo em um choque com o jovem Tilica. Camisa 10, articular e "cérebro" da equipe, o experiente jogador ficará no mínimo seis meses afastado e dificilmente conseguirá atuar na Libertadores, principal disputa do tricolor na temporada.

Publicidade

A diretoria não descarta voltar ao mercado para tentar amenizar as perdas, mas para os próximos jogos as soluções terão de vir "de casa". No lugar de Douglas, Renato testou o equatoriano Miller Bolaños em uma função mais recuada e assim deve jogar neste domingo, pelo Gauchão, contra o Passo Fundo, na Arena, em Porto Alegre. Problemas à vista para Renato e para o Grêmio, que perde a fotografia do time campeão no ano passado.