A 24ª rodada da Premier League começou com a maior rivalidade de Londres, com o líder #Chelsea enfrentando o Arsenal. Os Blues, que já são considerados a melhor equipe da temporada no Inglês, chegaram favoritos, com uma grandiosa sequência de vitórias, mesmo tendo empatado com o Liverpool na última rodada. Enquanto os Gunners, perderam o embalo do início da temporada e para piorar, o técnico Arsène Wenger está suspenso e só volta na 27ª rodada, quando a equipe enfrentará os Reds.

Resumo da partida entre Chelsea x Arsenal, que aconteceu neste sábado (4), no Stamford Bridge

Os Gunners começaram muito melhor na partida, se movimentando e criando mais, até o primeiro gol do Chelsea.

Publicidade
Publicidade

Quando Diego Costa se adiantou saindo na frente e fez o passe para Marcos Alonso, que era o único que reagia ao seu lado, o espanhol chutou em direção ao gol, abrindo o placar no Stamford.

Após o gol, os Blues cresceram muito no jogo, fazendo grandes lances e finalizações. O Arsenal só reagiu ao final do primeiro tempo, voltando a crescer e passando a criar mais, obrigando Thibaut Courtois a entrar no jogo e deixando a posse de bola igual para os dois lados - 50%.

Na volta do intervalo, após atormentar os Gunners, Eden Hazard marcou o segundo gol com muita elegância. O belga pegou a linha intermediária, virando e batendo a defesa adversária, finalizando brilhantemente.

Mesmo com a posse de bola do Arsenal crescendo no segundo tempo, os Blues conseguiram marcar um terceiro gol com Cesc Fábregas, que havia acabado de entrar na partida.

Publicidade

Contudo, o Arsenal conseguiu diminuir o placar nos acréscimos com a assistência de Ignacio Monreal para Oliver Giroud.

Com a vitória, o Chelsea segue líder isolado com 59 pontos, enquanto o Arsenal permanece na 3ª posição atrás do Tottenham Hotspur, ambos com 47 pontos. Na próxima rodada, os Blues enfrentarão o Burnley e, os Reds enfrentarão o Hull City, onde terão a obrigação de vencerem.

Hull City 2x0 Liverpool

Uma grande partida para o Hull City! A equipe, que tem vivido uma grande crise interna e sem o apoio de seus torcedores, conseguiu desconstruir a defesa do Liverpool, marcando dois gols. A equipe de Jürgen Klopp não vence há quatro jogos, vindo com uma sequência de empates e derrotas.

O primeiro gol saiu no primeiro tempo saiu de um escanteio com o goleiro dos Reds, Simon Mignolet, sofrendo pressão do zagueiro Harry Maguire e do atacante Abel Hernández, abrindo espaço para Alfred N'Diaye abrir o placar no KCOM Stadium.

Já o segundo gol, saiu no final do segundo tempo quando Andrea Ranocchia mandou a bola para Oumar Niasse, que estava sob pressão da atrapalhada zaga dos Reds, onde manteve a calma e encaixou a bola na rede, passando por um avançado Mignolet.

Publicidade

Com a vitória o Hull City sobe para 18ª posição indo a 20 pontos, enquanto o Liverpool permanece na 4ª posição com 46 pontos. Na próxima rodada, o Hull enfrentará o Arsenal, já os Reds receberão o vice-líder Tottenham.

Placar final: Chelsea (3) x (1) Arsenal

Escalação

Chelsea: Courtois (GL), Cahill, David Luiz, Azpilicueta, Marcos Alonso, Moses, Matic, Kanté, Hazard, Pedro e Diego Costa.

Arsenal: Petr Cech (GL), Koscielny, Mustafi, Bellerín, Nacho Monreal, Coquelin, Chamberlain, Iwobi, Ozil, Walcott, Alexis Sanchez.

Reservas

Chelsea: Begovic (GL), John Terry, Zouma, Chalobah, Fábregas, Willian e Batshuayi.

Arsenal: David Ospina (GL), Gabriel, Gibbs, Maitland-Niles, Reine-Adelaide, Giroud e Welbeck.

Técnicos

  • Chelsea: Antonio Conte.
  • Arsenal: Arsène Wenger.

Cartão amarelo

  • Chelsea: Matic.
  • Arsenal: Mustafi.

Substituições

Chelsea: saiu Hazard e entrou Fábregas; saiu Pedro e entrou Willian (39' segundo tempo) / saiu Moses e entrou Zouma (43' segundo tempo).

Arsenal: saiu Bellerín e entrou Gabriel (17' primeiro tempo) / saiu Coquelin e entrou Giroud (20' segundo tempo) / saiu Walcott e entrou Welbeck (25' segundo tempo).

Gols

Arsenal: Giroud (45+1' segundo tempo).

Chelsea: Marcos Alonso (13' primeiro tempo); Hazard (8' segundo tempo) e Fábregas (40' segundo tempo). #premier league #Resenha Esportiva