O futuro de Jorge Jesus parece estar cada vez mais condenado. Tal como informa o site do jornal “Correio da Manhã”, os jogadores do plantel profissional sportinguista ficaram contra o seu técnico depois do jogo com o FC Porto, fazendo questão de mostrar todo o seu descontentamento pelo que Jorge Jesus fez ao jovem jogador do Sporting Palhinha. De relembrar que, na coletiva de imprensa após o jogo, Jesus deu a entender que a culpa da derrota da sua equipe estava apenas relacionada com a má abordagem que Palhinha tinha feito na partida.

Depois de ter prometido que iria ser campeão esse ano, o Presidente Bruno de Carvalho já admitiu que não estava nada contente com o que está acontecendo nessa temporada.

Publicidade
Publicidade

Contudo, a direção sportinguista tem todos os motivos para estar preocupada com o posicionamento forte que os jogadores do Sporting estão tendo com a forma como Jesus comunica exteriormente.

“Porto foi melhor porque o Palhinha não levou o guião certo para se poder enquadrar”, culpou rapidamente Jorge Jesus durante a entrevista após o jogo, garantindo que esse fato acabou sendo fatal para o time em termos táticos no primeiro tempo. De fato, essa não é a primeira vez que o experiente técnico português tenta se libertar das culpas pelos mãos resultados, dando a entender vários nomes, incluindo membros do seu time técnico, para determinados resultados negativos, algo que está provocando uma enorme insatisfação e revolta nos jogadores do plantel.

Nas redes sociais, muitos sócios sportinguistas temem agora que Jesus, além do seu futuro condenado, possa ter perdido o respeito dos seus jogadores, algo que pode ser fatal para os bons resultados que ele prometeu alcançar até ao final da temporada.

Publicidade

De recordar que, há poucas semanas, vários rumores garantiam que Bas Dost, o principal avançado do Sporting, teria confrontado Bruno de Carvalho depois de um mau resultado, depois do Presidente leonino ter, alegadamente, chamado os seus jogadores de oportunistas e que apenas queria ganhar mais e mais dinheiro. #Negócios #Futebol Internacional