Após uma leve turbulência no comando da equipe, Fábio Carille começa a dar indícios de que está encontrando o time ideal para o Corinthians.

O jogo contra o Palmeiras foi um divisor de águas para Carille, com isso jogadores como Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Guilherme e Felipe Bastos devem perder cada vez mais espaço no time principal.

Já os jovens Maycon, Leo Jabá e Leo Príncipe têm mostrado capacidade para encarar a pesada camisa alvinegra. Outro que tem atuado bem é o atacante Romero, que não por acaso é o artilheiro da Arena.

Romero tem duas características que o ajudam muito a se destacar entre os atacantes do timão.

Publicidade
Publicidade

Além de muito esforçado, a principal qualidade que o atacante tem é o posicionamento. Enquanto outros jogadores que atuam pela direita como Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto guardam posição o tempo todo, Romero se movimenta pelos lados, pelo meio e é presença certa na área em jogadas ofensivas do timão.

Já o meio campista Marlone, que não apareceu nas últimas atuações da equipe, deve continuar com a vaga de titular na meia esquerda do timão. Isso por que suas últimas atuações pela equipe agradaram muito a Fábio Carille, no entanto o meia deve ter forte concorrência de Leo Jabá.

No jogo contra o Mirassol, Carille, a exemplo do que Tite fazia, optou por colocar em campo um time misto e assim não só poupar alguns jogadores como também dar ritmo de jogo aos demais atletas do elenco. Neste jogo, Carille testou uma variação tática muito interessante com Jô, Kazim e Leo Jabá.

Publicidade

Na criação das jogadas, ora Jô, ora Kazim apareciam para armar as jogadas pelo meio e pelas laterais, enquanto Jabá era responsável por puxar contra-ataques mais velozes pelas laterais. Além disso, o time ganhou presença de área em dobro com Jô e Kazim aparecendo sempre nas jogadas aéreas. Com três volantes, o menino Maycon se lançou mais ao ataque e inclusive marcou um dos gols.

No entanto, esse 4-3-3 não deve ser muito utilizado por Carille, já que Jadson deve entrar na vaga de um atacante e, apesar de jogar aberto, o meia deve se movimentar mais pelo meio campo corintiano.

O mais provável é que com Jadson, Carille utilize como esquema principal o 4-1-4-1. A linha de defesa praticamente definida com Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana, na frente da zaga Gabriel e mais uma linha de quatro jogadores no meio campo ofensivo, provavelmente com Marlone, Rodriguinho, Maycon e Jadson. No comando do ataque brigam pela posição Jô e Kazim. #Esporte #Corinthians #Paulistão