Uma das contratações para a temporada de 2017, Trauco não demorou para fazer com que a torcida esquecesse o antigo titular Jorge, que se transferiu para o Monaco, da França. Com uma porção de assistências e grande qualidade no apoio, o lateral-esquerdo peruano tem se transformado em uma das principais armas rubro-negras para os desafios desta temporada.

Curiosamente, ele revela que um dos seus grandes ídolos do futebol da atualidade é o companheiro Paolo Guerrero, que tem desfrutado bastante dos passes do "fã". Na goleada por 4x0 sobre o Madureira, neste domingo, Trauco voltou a dar uma linda assistência para o centroavante.

Publicidade
Publicidade

"O Guerrero é um grande ídolo para mim. Me ajuda muito o fato de ele estar aqui. E eu quero que continue assim. Sempre que for possível vou jogar a bola nele. Sei da capacidade que ele tem na área", disse Trauco.

Além da parceria firmada no #Flamengo, os dois também jogam juntos na seleção do Peru. Para Trauco, a maneira como o camisa 9 do Fla se posiciona em campo facilita muito o trabalho dos laterais. Ele retirou os próprios méritos dos passes para gols e colocou tudo "na conta" de Guerrero.

"O mérito é do Paolo, ele que é a grande referência no ataque. Todos os méritos vão para ele. O meu trabalho é apenas jogar a bola em direção a ele e aguardar o gol. Ele vai sempre nessa direção. Paolo está sempre na posição correta dentro da área", rasgou elogios Trauco.

Os dois colocarão a parceria à prova novamente no próximo sábado, no duelo contra o Vasco da Gama, pela semifinal da Taça Guanabara, em que o Flamengo terá vantagem do empate por ter feito a melhor campanha na primeira fase.

Publicidade

O jogo ainda não tem estádio definido.

Ídolo do lateral Trauco, Guerrero provocou o Vasco neste domingo ao dizer que no clássico o "Flamengo sempre é favorito". Mesmo com as palavras do camisa 9, os rubro-negros enfrentam um longo jejum contra o time da Colina. Nos últimos nove jogos, foram seis derrotas e três empates. A outra semifinal será decidida entre Fluminense e Madureira.