O vice-presidente do Marcílio Dias, rival da #Chapecoense, decidiu, ao vivo, humilhar o clube pela enorme tragédia que sofreu no final do ano passado. Tal como informa o site “Notícias ao Minuto”, Mauro Pereira, durante uma “live” no “Facebook”, garantiu que o seu clube não “precisava que o avião do Marcílio Dias FC caísse para se tornar uma potência do futebol catarinense”, dando a entender que o rival apenas beneficiou com essa tragédia. Rapidamente, muitos brasileiros ficaram chocados com as palavras fortes do diretor, gerando uma revolta nas redes sociais do time do Marcílio Dias, considerando essa detonação como algo verdadeiramente desumano para o clube e a família das vítimas.

A queda do avião, com o time da Chapecoense e um grupo de jornalistas, foi uma das maiores tragédias da história do futebol mundial, sendo comentada e falada um pouco por todo o mundo, fazendo com que milhões de pessoas quisessem ajudar o time brasileiro na sua recuperação.

Publicidade
Publicidade

Contudo, parece que nem todos ficaram sensibilizados e solidários com o time, decidindo detonar a forma como a Chapecoense ganhou protagonismo com essa tragédia fatal.

“Não precisamos de uma tragédia para tornar o nosso clube grande”, garantiu de forma clara o vice-presidente do Marcílio Dias, que automaticamente foi alvo de duras críticas. Como garante o site “Notícias ao Minuto”, depois da enorme revolta que foi gerada por causa da humilhação do seu diretor, o clube brasileiro do Marcílio Dias teve a necessidade de escrever um comunicado oficial, onde pede desculpa a todas as pessoas que se sentiram ofendidas com os comentários feitos por Mauro Pereira, garantindo que, mais uma vez, o acidente deixou o time muito consternado, tendo manifestado toda a sua solidariedade pelo que aconteceu.

De recordar que a Chapecoense, depois da enorme tragédia que matou mais de 90% do seu time profissional, recebeu uma série de propostas para receber, de forma gratuita, jogadores de clubes rivais para conseguir reforçar o seu plantel, o mesmo aconteceu com alguns times na Europa, como foi o caso do Barcelona.

Publicidade

#Acidente aéreo #FutebolBrasileiro