O Barcelona recebeu, nesta tarde de terça (07), o Atlético de Madrid, em jogo de válido pela semifinal da Copa do Rei. No jogo de ida, que aconteceu no Vicente Calderón, o Barcelona venceu por 1 a 0 e conseguiu uma grande vantagem para o jogo de volta, que ocorreu no Camp Nou. Sem Neymar em campo, suspenso, o Barcelona buscou segurar o resultado para conseguir chegar a mais uma final. Por outro lado, o Atlético veio completo, mas com o grande desafio de reverter o resultado negativo. Na outra semifinal, Celta e Alevés se enfrentaram. A final só ocorrerá em maio.

Na primeira etapa, um jogo mais tranquilo. Se por um lado o Atlético buscava a todo custo o resultado, por outro, o Barcelona apenas administrava.

Publicidade
Publicidade

Os madrilenhos precisavam do resultado, mas foi os catalães que assustaram. Logo no início da partida, Suárez recebeu de Arda, deu um drible da vaca em Savic e chutou com desvio. Escanteio para o Barça. Sem muito tempo para respirar, logo os donos da casa receberam uma resposta. Em contra ataque do Atlético, Carrasco recebe de Koke no lado esquerdo, invade a área e corta para dentro. Ele chuta para a defesa do Holandês. Simeone vai ao desespero com a chance perdida. Após o primeiro susto, os visitantes parecem ter acordado e voltaram a surpreender o barça. Em cobrança de falta na área, Griezmann desvia, Savic aparece no meio do caminho e toca na bola para linda defesa de Cillessen. Porém, o zagueiro estava impedido e já não valia mais nada. Mesmo com as melhores chances de gols, o Atlético não conseguiu abrir o marcador no primeiro tempo, o que complicava sua situação.

Publicidade

Se já estava ruim sem conseguir marcar o gol, piorou ainda mais quando Luis Suárez abriu o marcador aos 43 do primeiro tempo. Em chute de #messi, o goleiro espalma para Suárez aparecer no rebote e marcar o gol, 1 a 0.

Na segunda etapa, o Atlético veio melhor. Mais uma vez os madrilenhos criavam as melhores oportunidade de gol. Mas os problemas começaram a surgir. Godin, logo no início da partida, teve que ser substituído por lesão. Criando mais chances de gol, o Atlético seguia pressionando. Carrasco recebeu na intermediária, avançou alguns metros e soltou a bomba que passou perto do gol. Aos poucos, os visitantes viam seu time melhorar. No entanto, o gol mal anulado de Griezmann levou a torcida atleticana à loucura e ainda viu Ferreira Carrasco ser expulso. O jogo seguia pegado, o Atlético pressionava, mas somente aos 37 do segundo tempo foi que o gol saiu. Griezmann recebeu excelente passe na área, dominou e, em vez de chutar, descolou uma linda assistência para Carmeiro - que tinha acabado de entrar no lugar de Torres - que só empurrou para dentro do gol, 1 a 1.

Publicidade

Para piorar a situação do Barcelona, Suárez ainda foi expulso no finalzinho da partida.

Com o empate, o Barcelona se consagrou em mais uma final da Copa do Rei. O jogo foi polêmico, com três expulsões e muita garra por parte dos dois times. No entanto, o gol mal anulado do Atlético de Madrid escreveu uma história totalmente diferente do que ia acontecer, e isso ainda vai dá muito o que falar. #Futebol #FC Barcelona