Na tarde de ontem, o #Palmeiras recebeu o Botafogo-SP na estreia do Campeonato Paulista, no Allianz Parque, com uma vitória simples de 1 a 0, com gol de Tchê Tchê.

O jogo foi bem complicado para os palmeirenses. A marcação do time do interior estava muito bem armada e não dava espaços para a penetração dos mandantes e o meio-campo palestrino estava pouco inspirado na partida. A equipe comandada por Eduardo Baptista começou com três reforços: Felipe Melo, Raphael Veiga e Willian no esquema 4-1-4-1 e fazendo o que o treinador pediu, muita posse de bola. Mas no primeiro tempo, mesmo tendo vantagem no domínio da bola, 64% a 36%, o Botafogo que levava mais perigo para o gol de Fernando Prass.

Publicidade
Publicidade

A dificuldade encontrada pelo alviverde é normal para os grandes nesse começo de temporada, pois muitos clubes do interior já começaram a sua preparação desde dezembro.

Já no segundo tempo, vendo que a situação estava difícil e que poderia complicar mais, Eduardo resolveu fazer duas substituições logo no intervalo, com as entradas de Michel Bastos (também fazendo sua estreia em jogos oficiais com a camisa do Palmeiras) e Alecsandro nos lugares de Raphael Veiga e Willian, respectivamente. E deu resultado, não diretamente com esses jogadores que entraram, mas com Tchê Tchê que apenas com um minuto da segunda etapa abriu o placar em chute de fora da área. Depois disso, o jogo ficou mais brigado e o Botafogo-SP tentava fazer uma pressão em cima do Palmeiras, mas esbarrava no goleiro alviverde e no gol bem anulado pelo bandeirinha.

Publicidade

Resultado final, 1 a 0 e um começo que ainda pode dar esperança para o torcedor.

Agora, o Palmeiras tem a semana inteira para se preparar para o jogo do próximo final de semana contra o Ituano, em Itu. Será a segunda rodada do Campeonato Paulista.

Notas aos jogadores do Palmeiras:

Fernando Prass: 7,5

Jean: 6,0

Edu Dracena: 6,0

Vitor Hugo: 6,5

Zé Roberto: 6,0

Felipe Melo: 6,5

Tchê Tchê: 7,0

Raphael Veiga: 5,5

Róger Guedes: 5,0

Dudu: 5,5

Willian: 5,0

Thiago Santos: 5,5

Michel Bastos: 6,0

Alecsandro: 5,5

Eduardo Baptista: 6,0 #2017 #Paulistão