Uma negociação complexa parecia que não ia acabar feliz para o Internacional. No entanto, o panorama mudou nessa quarta-feira (15) e o Colorado está próximo de anunciar oficialmente o atacante Marcelo Cirino, 24 anos. O jogador, que, por enquanto, está no #Flamengo, está fora dos planos do técnico Zé Ricardo, o que fez com que o clube de Porto Alegre aparecesse como uma opção atrativa.

No entanto, para concretizar essa negociação, o #Internacional precisou acertar com três partes: o Flamengo, a Doyen e o Atlético-PR, que detêm os direitos federativos do jogador. Para acertar com o Flamengo, o Internacional realizou a troca de 50% dos direitos do zagueiro Revér com o clube carioca para abater as dívidas do Rubro-negro com o grupo Doyen.

Publicidade
Publicidade

A informação foi apurada pelo jornal Zero Hora, do Rio Grande do Sul.

Na negociação que colocou Cirino no Flamengo, a empresa Doyen, que tem 50% dos direitos do jogador, cobrava uma taxa anual de R$ 2 milhões. Caso o clube carioca não conseguisse vender Cirino até 2018, o Rubro-negro teria que automaticamente pagar R$ 18 milhões para a empresa, comprando o passe do jogador.

Acertada essa parte, o Internacional precisou negociar com o detentor dos outros 50%, o Atlético-PR. Como saída, o clube colorado ofereceu o empréstimo do volante Eduardo Henrique em troca do empréstimo de Marcelo Cirino. Eduardo Henrique foi contratado no ano passado pelo Inter junto ao Atlético-MG, clube em que o volante atuou entre 2014 e 2016, atuando em 42 partidas.

Além disso, o site GloboEsporte apurou que o Inter ainda pode comprar 25% dos direitos do atacante do Grupo Doyen.

Publicidade

A negociação não envolveria apenas ceder os direitos do zagueiro Réver e o empréstimo do volante Eduardo Henrique, mas o colorado pagaria também R$ 1,8 milhão por parte do passe do jogador.

O Colorado segue com cautela no negócio, afinal teve que acertar com três diferentes partes. Mesmo não tratando oficialmente, o anúncio de Cirino é esperado até o final da semana, já que nessa quarta-feira ele deixou o treino do Flamengo e não viajou com a equipe que joga pela Primeira Liga. #Mercado da bola