Como uma forma de ressarcir os seus torcedores de outros estados da decisão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de proibir as vendas de mandos de campo no próximo Brasileirão, a diretoria do #Flamengo cogita levar a sua estreia na #Taça Libertadores da América para fora do Rio.

No próximo dia 8 de março, a agremiação da Gávea receberá o San Lorenzo, da Argentina, time do Papa Francisco, e a tendência é que, mesmo que o Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, esteja quase pronto, este confronto seja realizado no Mané Garrincha, em Brasília, visto como uma ótima fonte de renda para os cofres rubro-negros.

Diante da impossibilidade de jogar no Maracanã, o Mané Garrincha foi uma das opções mais escolhidas pelo Flamengo para exercer os seus mandos de campo.

Publicidade
Publicidade

Já havia, inclusive, acordos para alguns jogos do próximo campeonato brasileiro serem levados para o estádio da Capital Federal, uma das sedes da Copa do Mundo de 2014 e dos torneios de futebol (masculino e feminino) das Olimpíadas de 2016. Foi lá, por exemplo, que o Rubro-Negro estreou na Copa da Primeira Liga de 2017. Na ocasião, com gols de Éverton e Berrío, derrotou o Grêmio por 2 a 0.

As obras na Ilha seguem a todo vapor. O clube terminou de reformar o gramado e iniciou a colocação das cadeiras sobre as arquibancadas móveis. A expectativa é de a Arena estar pronta depois do Carnaval.

Antes de iniciar a luta pelo bi da Taça Libertadores, o Flamengo vai ao Castelão, em Fortaleza, na quarta e, a partir das 19h30 (horário de Brasília), enfrenta o Ceará, em seu último jogo na fase inicial da Primeira Liga.

Publicidade

Com seis pontos no Grupo B, a equipe rubro-negra já está classificada para a próxima etapa do torneio. Depois, no sábado, às 18h30, em local a ser definido, o desafio será contra o Vasco pelas semifinais da Taça Guanabara. Precisando apenas de um empate, o "Mais Querido" se eliminar o rival, disputará a final da segunda fase do Campeonato Carioca no domingo, 5 de março, diante do classificado do duelo entre Fluminense e Madureira. #PaixãoPorFutebol