Assim como no último domingo (12) contra o Bangu, o Fluminense desperdiçou um pênalti, dessa vez com Júnior Sornoza, mas, sem qualquer dificuldade, garantiu a sua classificação para a segunda fase da #Copa do Brasil na noite desta quarta-feira (15). O Tricolor acabou com a invencibilidade de um ano e meio do Globo no Barretão, em Ceará-Mirim, interior do Rio Grande do Norte. e goleou a equipe potiguar por 5 a 2.

O próximo adversário da equipe das Laranjeiras sairá do vencedor do confronto desta quinta, no Mato Grosso, entre o Sinop, que joga em casa, e o Salgueiro, de Pernambuco.

Muito superior, o Flu não demorou a abrir o placar.

Publicidade
Publicidade

Aos 5 minutos, depois de belo passe de Wellington, Lucas entrou na área e estufou as redes do goleiro Rafael.

O Globo até assustou aos 19 com um belo chute de Renatinho, que passou rente à trave, mas, três minutos depois, Lucas avançou novamente pela direita e chutou. Rafael falhou e deixou a bola limpa para Henrique Dourado, debaixo do gol, ampliar para o Fluminense. Vivendo um momento onde tudo dá certo, em nova tabela com Lucas, o Ceifador, aos 32, marcou o seu segundo gol, o terceiro dos cariocas.

Depois da penalidade perdida, o Flu relaxou e permitiu que Dênis, aos 40, escorando, de peito, um cruzamento vindo da direita, reduzisse o marcador, dando esperanças para o time da casa.

A alegria do Globo, porém, diminuiu aos 4 do segundo tempo. Em bela trama pelo lado esquerdo, Léo serviu Wellington, que, com um belo toque, mandou à esquerda de Rafael.

Publicidade

A bola bateu na trave antes de entrar.

O melhor estava por vir. Aos 18 minutos, Gustavo Scarpa recebeu ainda no seu campo, viu o goleiro adiantado e, com um chute certeiro, fez o gol que Pelé não fez na estreia da Seleção Brasileira na Copa de 1970 diante da Tchecoslováquia. O camisa 10 foi efusivamente aplaudido no Barretão, inclusive pelo torcedor do Globo.

Com a vaga assegurada, o técnico Abel Braga, que havia obrigado a sacar Júlio César, contundido, para a entrada de Marcos Felipe, preservou o zagueiro Henrique e Scarpa, promovendo, respectivamente, a estreia de Reginaldo e a volta de Pierre. Essa mudanças causaram um diminuição do ritmo tricolor e Gláucio se aproveitou para, aos 29, fazer o segundo do Globo.

No sábado, às 17h (horário de Brasília), o Fluminense volta as suas atenções para o Campeonato Carioca. Pela última rodada da Taça Guanabara, encara, em Moça Bonita, o Volta Redonda. Já classificado para as semifinais, o Tricolor deverá vir com um time reserva. #Globo-RN X Fluminense #PaixãoPorFutebol