Depois de alguns meses de negociação, finalmente, #Fluminense e #Under Armour chegaram a um acordo e a empresa norte-americana será a nova fornecedora de material esportivo do time carioca. Os detalhes do acordo serão revelados em uma entrevista coletiva, marcada para a próxima segunda-feira (20), no Salão Nobre das Laranjeiras. Ela substitui a canadense Dryworld, que chegou com pompas ao mercado brasileiro no ano passado e deixou o país pela porta dos fundos. Antes, o Tricolor já havia mantido um contrato de duas décadas com a alemã #Adidas.

Apesar das conversas se arrastarem desde o final do ano passado, o torcedor terá que esperar pelo menos até maio para ver os novos uniformes.

Publicidade
Publicidade

Isso porque a empresa tem um contrato de exclusividade com o São Paulo até abril, e somente após esse prazo poderá acertar com outro clube.

Já o Fluminense ainda luta pera quebrar o contrato com a antiga fornecedora. O clube busca na Justiça canadense seus direitos no contrato com a Dryworld, que deve mais de R$ 15 milhões. A notificação de rescisão já foi feita, mas o distrato ainda precisa ser assinado. “Esperamos recuperar o que nos é devido. A Dryworld já foi notificada da nossa intenção de rescindi”, disse o presidente Pedro Abad.

Além do São Paulo, a Under Armour também confecciona os uniformes de Tottenham, Aston Villa, Southampton e Colo-Colo.

Fim de uma pequena era no Brasil

O Fluminense era a única equipe que ainda vestia Dryworld, que no começo do ano passado chegou com força total ao Brasil, fazendo o Tricolor encerrar uma parceria de mais de duas décadas com a Adidas.

Publicidade

A marca também fechou contrato com Atlético Mineiro, Santa Cruz e Goiás.

Assim como o Fluminense, o Galo também teve problemas com atraso de pagamentos e dificuldades no repasse de itens. O clube mineiro rompeu o acordo ainda em setembro, fechado com a Topper, marca que também acabou assinando com o Goiás. Já o Santa Cruz agora veste Penalty. Na Inglaterra, o Watford também pôs um ponto final na parceria após apenas sete meses.