O garoto de 19 anos que encantou o Brasil jogando pelo campeão do Brasileirão, Palmeiras, está encantando nas suas primeiras participações no #Futebol internacional. Contratado pelo clube inglês Manchester City, a dúvida seria se o campeão olímpico, Gabriel #jesus, demoraria a se adaptar ao estilo de jogo do "campeonato de futebol mais disputado do mundo".

Com 3 gols e 2 assistências em 4 jogos (porém somente 3 deles como titular), Jesus mostrou que chegou para abençoar a temporada do citizens. Participando de gols em uma goleada sobre o rival West Ham e garantindo a vitória com os 2 gols no jogo desde domingo (05) contra o Swansea, o brasileiro tem um início espetacular e surpreendente liderando o ataque do Manchester City nas partidas em que iniciou a partida como titular, recebendo inclusive elogios do técnico Pep Guardiola.

Publicidade
Publicidade

"Jesus me disse que nunca está cansado, que está sempre em forma, que se recupera rapidamente porque tem 19 anos", afirmou Guardiola.

"Há jogadores de 19 anos de idade que são fisicamente fortes e alguns que não são. Esse garoto, na área, tem algo especial", complementou o técnico renomado dos citizens.

No jogo contra o Swansea, de acordo com estatísticas oficias reportadas pelo campeonato, Jesus tocou na bola 53 vezes, realizou 37 passes, criou três chances, finalizou quatro vezes e, claro, fez a alegria da torcida azul no estádio com gols duas vezes.

A moral do brasileiro recém chegado já é enorme, de tal forma que colocou em duas oportunidades Sérgio Aguero (jogador argentino que ano após ano disputa a artilharia da Premier League) no banco de reservas pelo campeonato inglês e mostrou serviço marcando e distribuindo assistências para seus companheiros de ataque, o inglês Sterling e o alemão Sané.

Publicidade

"Não tem sido fácil para Sergio. Resolvi ficar com os três na frente [Jesus, Sané e Sterling] porque eles jogaram muito bem contra Palace e West Ham", admitiu Guardiola em entrevista.

Muito humilde e grato pelas oportunidades, Jesus comentou que o sucesso de seus primeiros jogos não é mérito exclusivo dele.

"Fico muito contente de ter pessoas do bem do meu lado, me ajudando. Também tem a parcela de todos os jogadores do City que me deram uma ótima recepção, da torcida também. Isso vem ajudando muito", revelou Gabriel Jesus em uma coletiva com a emissora ESPN. #Futebol Internacional