O #Corinthians pode ter uma grande novidade para a partida desta quarta-feira, contra o Brusque, em Santa Catarina, pela segunda fase da Copa do Brasil. Trata-se da possível estreia de Jadson em seu retorno ao Corinthians. O jogador foi relacionado pelo técnico Fábio Carille, mas deverá iniciar no banco de reservas.

O Alvinegro ainda tem outras novidades na equipe. Isso porque o meia Rodriguinho apresentou uma lesão na coxa esquerda e nem sequer viajará com o grupo. Por outro lado, Giovanni Augusto retorna ao time, sendo que a grande notícia é a presença do garoto Pedrinho, destaque na Copinha deste ano, entre os relacionados.

Vale lembrar que a partida é eliminatória em jogo único. Quem vencer avança para a próxima fase. No entanto, diferentemente do que foi na primeira fase, caso o jogo termine em empate, a decisão será nos pênaltis.

O Timão deverá jogar com: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Fellipe Bastos, Maycon (Jadson); Jô, Kazim e Jabá.

Uma torcida que vale por três

Uma pesquisa realizada pelo instituto Datafolha revelou que 36% dos paulistanos são torcedores do Corinthians. E o que mais chama a atenção é que a soma da torcida dos três grandes rivais do alvinegro resulta no mesmo número. O resultado é o seguinte: são-paulinos são 19%, enquanto palmeirenses somam 12% e os santistas, em minoria, chegam a 5%. Uma outra parte, que soma 24%, alega não torcer para nenhum time. Isso reforça ainda mais a força que tem a torcida do Corinthians na capital.

Reforço não vem

Depois de ter sido especulado no Corinthians, Mohammed Sissoko foi parar no Ternana, equipe da segunda divisão do futebol italiano. Vale lembrar que o francês chegou a ser oferecido ao clube do Parque São Jorge, mas as negociações não avançaram. Depois de ter feito sucesso e passado por grandes clubes da Europa como Liverpool, PSG, Juventus e Fiorentina, o volante não vive um bom momento na carreira.

O Corinthians chegou a analisar a oferta, mas a comissão técnica não viu com bons olhos a negociação, por considerar um jogador com idade mais avançada e em declínio. Além disso, a pedida de R$ 350 mil de salário afastou ainda mais qualquer possibilidade do veterano atuar no futebol brasileiro. O Corinthians não deverá mais trazer reforços no momento.