Nesta segunda-feira o outfielder do #Texas Rangers #Josh Hamilton foi submetido a uma artroscopia no joelho esquerdo e vai ficar de fora dos gramados de 2 a 3 meses. Mesmo sendo um procedimento considerado rápido e menos invasivo que uma cirurgia comum, Hamilton deverá seguir uma rotina extremamente rigorosa se quiser se recuperar completamente.

O procedimento realizado pelo Dr. Walt Lowe foi para reparar a cartilagem que estava rompida, causando grande desconforto ao atleta. Dr. Lowe foi o cirurgião responsável pela operação do mesmo joelho de Hamilton em junho de 2016.

Hamilton está com os Rangers com um contrato de Minor League, e após esse procedimento cirúrgico algumas discussões deverão acontecer para decidir o futuro do atleta.

Publicidade
Publicidade

Hamilton chegou no Spring Training sentindo-se bem e após aproximadamente uma semana de treinamento começou a sentir desconfortos e dores.

O período de reabilitação será de 6 semanas e após isso Hamilton poderá voltar a correr. A partir deste momento ele precisará de 4 a 6 semanas em atividades específicas e mais um tempo nas ligas menores para adquirir ritmo de jogo e poder ser considerado com nível de atuar pela Major League.

Carreira x problemas e lesões

Josh Hamilton já foi um dos melhores jogadores da #MLB (Major League Baseball), mas seu histórico de lesões, alcoolismo e drogas tem sujado o que poderia ter sido uma brilhante carreira.

Hamilton foi a primeira escolha do draft de 1999 e seis anos depois confessou ter problemas com cocaína e consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Mesmo com problemas, Hamilton foi selecionado para cinco All-Star Game e em 2010 foi eleito o MVP (Most Valuable Player / melhor jogador) da temporada.

Publicidade

Hamilton ganhou três vezes o prêmio de Silver Slugger (melhor rebatedor) e em 2012 Hamilton entrou para a história como o 16º jogador da longa historia da MLB a conseguir rebater quatro home runs em uma única partida. O jogo foi no dia 8 de maio contra o Baltimore Orioles em pleno Camden Yards.

Entretanto, o jogador de 35 anos sofre com problemas crônicos. Contando com essa intervenção, Hamilton já foi submetido a quatro cirurgias no joelho esquerdo nos últimos 18 meses totalizando onze em dez anos como profissional.

Com o destino incerto, os rumores que vêm dos bastidores da mais rentável das ligas esportiva do mundo é de que o jogador deverá se aposentar caso não consiga voltar à liga principal ainda nesta temporada.