A janela de transferências passou, os clubes se reforçaram, a tradicional dança de técnicos de início de ano ocorreu e o nome de Vanderlei #Luxemburgo não foi sequer ventilado em nenhum clube do #Futebol brasileiro. Tradicional técnico e vitorioso por onde passou, Luxa está desempregado desde que saiu do futebol chinês. Em entrevista ao programa Boa Noite Fox, nesta quarta-feira, ele pregou um retorno "em alta".

Novamente, ele negou estar "ultrapassado" ou com ideias técnicas e táticas obsoletas. Garantiu que não vê nada de "muito novo" no futebol brasileiro e disse que algumas escolhas erradas pesaram contra os seus últimos trabalhos.

Publicidade
Publicidade

"Acontece que no futebol tem muito isso de escolha. Não tem nada de estar ultrapassado, não. Hoje se fala em 4-1-4-1, que nada mais é do que é velho 4-3-3, com um volante, dois meias e dois pontas. Isso já existia lá atrás (...) Sobre o meu trabalho, eu acho que algumas escolhas que eu tive nos últimos anos acabaram não dando certo. Quando você ganha tudo, acaba pensando assim: "Bom, sou o cara e posso resolver". Mas não foi assim. Agora, pode ter certeza que se eu pegar um projeto legal, vou bater campeão de novo", disse Luxemburgo.

No futebol brasileiro, o último trabalho de Vanderlei Luxemburgo foi no Cruzeiro, em 2015, e os resultados não foram nada animadores. Sem jogar bem e com dificuldades de envolver os adversários, os mineiros estavam perto da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro quando Luxa acabou demitido.

Publicidade

Na sequência, Mano Menezes assumiu a Raposa e conseguiu safar o clube da degola.

Na avaliação de Luxemburgo, há um "apelo muito forte pelos novos treinadores" no futebol brasileiro e que isso pode ser um dos fatores que o fazem estar sem nenhum clube no momento. No Brasil, o folclórico "pofexô" conduziu grandes equipes no passado e venceu todos os títulos possíveis, exceção feita à Copa Libertadores. Trabalhos no Palmeiras, no Cruzeiro, no Flamengo e no Santos foram os mais marcantes de Luxa, que também passou pela seleção brasileira.