Anízio Ferreira Camacho, pai do jogador Camacho, do Corinthians, morreu na noite deste domingo (19), após um acidente em sua casa, no Rio de Janeiro. Anísio, de 56 anos, estava no elevador de sua residência, junto com a mãe do atleta e um irmão, que é paraplégico e por isso usa o equipamento como meio de locomoção, quando o elevador despencou.

Anísio chegou a ser levado para o hospital por vizinhos, não resistiu aos ferimentos e faleceu. A mãe do jogador, Rita, quebrou as duas pernas e terá que passar por cirurgia. O irmão Leonardo teve escoriações pelo corpo e passa bem. Ambos encontram-se hospitalizados.

O jogador foi liberado do treino desta segunda-feira (20), para se juntar a família.

Publicidade
Publicidade

O clube pela manhã emitiu em seu site oficial uma nota de pesar. “O Sport Club #Corinthians Paulista deseja força a seu jogador e a toda a sua família neste momento tão difícil”. “O cara do coração maior do mundo. Ele fazia tudo por mim, pelos netos e pelos filhos. Eu disse tudo (...) Tenho certeza que você vai se orgulhar ainda mais do seu filho, de vê-lo em campo”, escreveu Vanessa, esposa do jogador no Instagram.

Nas redes sociais os torcedores, inclusive de outros clubes, também prestaram solidariedade ao jogador, que esteve em campo no último sábado (18), na vitória do Corinthians por 1 a 0, sobre o Audax, no estádio José Liberatti, em Osasco.

Nascido no Rio de Janeiro, o volante Guilherme Camacho começou nas categorias de base do Madureira e depois foi para a base do Flamengo, chegando a treinar com o elenco de cima, porém seu primeiro jogo como profissional foi defendendo o Paraná Clube, time ao qual foi emprestado.

Publicidade

Depois passou por Goiás e Bahia, sempre por empréstimo, retornou ao Flamengo para novamente ser emprestado ao Audax do Rio de Janeiro e posteriormente ao Audax de Osasco, onde finalmente ganhou destaque ao fazer parte do time que conquistou o vice-campeonato paulista em 2016, o que lhe rendeu a oportunidade de jogar pelo Corinthians. Um ano antes havia defendido o Botafogo na Série B. #ForçaCamacho #Acidente