O #Palmeiras ainda busca um atacante para ser o substituto do jovem atacante Gabriel Jesus, que foi negociado com o Manchester City no final da última temporada e acabou saindo do clube paulista. Para essa posição, o Palmeiras insiste na #contratação do atacante colombiano Miguel Borja, jogador que atuou por toda a última temporada no Atlético Nacional, sendo um dos destaques do clube na conquista da Copa Libertadores da América de 2016. Este é o momento que o clube está mais próximo de contratar o atacante, pois o atleta já treina separadamente da equipe principal e já expressa em entrevistas o seu desejo de atuar pelo Palmeiras neste ano.

Inicialmente o Atlético Nacional só aceitaria negociar o atacante por 15 milhões de euros (cerca de 51 milhões de reais), mas com o fechamento da janela de transferências europeia, os dirigentes do clube colombiano mudaram de ideia e estão aceitando negociar por um valor abaixo do pedido anteriormente.

Publicidade
Publicidade

A imprensa colombiana noticia que o Atlético Nacional pode negociar uma parte dos direitos do jogador por 11 milhões de dólares (cerca de 34 milhões de reais). Com isso, os dirigentes do Palmeiras começaram novamente a negociar a vinda do atleta para esse começo de ano.

A nova oferta do Palmeiras deve ser por apenas parte dos direitos do atleta (entre 50% e 70%) e a negociação deve envolver a empresa OTB Sports, que daria uma assistência financeira e intermediaria as negociações. Um desfecho da negociação deve ocorrer até no máximo o fim da semana.

Miguel Borja chegou a receber no último mês algumas sondagens de clube chineses pelo seu futebol, mas essas sondagens não se transformaram em propostas para o Atlético Nacional. O jogador também recebeu uma proposta do clube italiano Genoa no mês de dezembro do último ano, mas o clube colombiano recusou a proposta.

Publicidade

O atacante vê com bons olhos uma possível transferência para um clube brasileiro, pois acredita que o futebol brasileiro pode ser um trampolim para a Europa. A primeira oferta realizada pelo Palmeiras pelo jogador no começo do ano também foi recusada pelo clube colombiano. #MiguelBorja