A disputa entre #Palmeiras e #São Paulo na última quarta-feira foi bonita. Não se tratava de um clássico em campo, mas sobre quem se reforçava melhor fora dele. Da Colômbia, veio a confirmação que o atacante Miguel Borja, de 24 anos, estava pronto para vir ao Brasil reforçar o atual campeão brasileiro.

A negociação foi longa e envolveu inclusive a ida do diretor de futebol palmeirense, Alexandre Mattos, ao país vizinho. Com um pagamento superior a 30 milhões de reais, o Palmeiras garantiu o principal atacante da última Libertadores, que terminou com o título do Atlético Nacional muito em função dos gols de Borja. Com o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, cheio, ele chegou ao Brasil neste sábado.

Publicidade
Publicidade

Horas depois do rival confirmar a contratação de Borja, o São Paulo não ficou por menos e assegurou um outro grande atacante. Lucas Pratto, centroavante argentino do Atlético-MG, anunciou sua saída do Galo rumo ao tricolor do Morumbi. Ele já estará no estádio neste domingo, quando o São Paulo enfrenta a Ponte Preta.

O Palmeiras buscava um reforço de peso para o ataque desde a saída de Gabriel Jesus, que foi jogar no Manchester City, da Inglaterra, ainda em janeiro. Já a equipe do Morumbi necessitava de um nome mais afirmado para dar peso ao elenco comandado por Rogério Ceni. O próximo clássico entre as duas equipes promete, sobretudo pelo duelo dos atacantes.