O #Palmeiras está perto de realizar o seu desejo do mercado de transferências. Apesar das grandes contratações, incluindo Felipe Melo, que estava na Inter de Milão, e Alejandro Guerra, do Atlético Nacional, a torcida e os diretores ainda esperavam o grande nome de impacto, que é Miguel Borja. Com o fechamento do mercado europeu, o time paulista se tornou a melhor saída para o Atlético Nacional.

Antes do fechamento da janela europeia, o Atlético Nacional queria R$ 51 milhões pelo jogador. Nenhum clube europeu apareceu para pagar a quantia. Quem apareceu foram clubes chineses, local em que Borja não quer atuar. Dessa maneira, o Palmeiras, nessa segunda, 6, voltou a esquentar essa história e ofereceu cerca de R$ 34 milhões por 70% dos direitos do jogador.

Publicidade
Publicidade

O Atlético Nacional pede no momento esse valor por 50% dos direitos de Borja, atacante de 24 anos e um dos mais promissores da América do Sul. Para contar com o atleta, o Palmeiras conta ainda com a parceria da empresa OTB, que está intermediando as negociações.

Chegando ao acordo de valores, Borja será jogador do Palmeiras. O atacante receberá em São Paulo um salário 10 vezes maior que o seu atual. Além disso, a equipe do atacante acredita que o Brasil é um bom destino para o atleta, muito pela visibilidade.

Quem é Miguel Borja?

O atacante colombiano começou muito cedo no #Futebol. Com 18 anos foi revelado pelo Cúcuta Deportivo, da Colômbia, onde fez 5 jogos e não marcou nenhum gol. Mesmo assim, logo chamou a atenção do Cortuluá, em que fez 42 jogos e marcou 10 gols. Com o destaque, chegou a ser contratado pelo Livorno da Itália em 2015, mas não chegou a jogar lá.

Publicidade

O clube italiano emprestou Borja para o Santa Fé. O atacante se destacou, mostrando bom futebol, mesmo que nos números, tenha feito 10 gols em 49 jogos. Na temporada seguinte, Borja voltou ao Cortuluá, clube em que teve uma grande passagem, com 22 jogos em 25 jogos. A artilharia o levou ao Atlético Nacional, time em que foi campeão da Libertadores da América e marcou 17 gols em 27 jogos. #Mercado da bola