O que era para ser o inicio de uma possível revolução do futebol brasileiro no que diz respeito às transmissões esportivas terminou de maneira patética. Insatisfeitos com a cota oferecida pela Rede Globo, Atlético Paranaense e Coritiba decidiram transmitir o clássico deste domingo (19), válido pelo Campeonato Paranaense, que seria disputado na Arena da Baixada, por seus respectivos canais no #YouTube. No entanto, a Federação Paranaense impediu o inicio do jogo enquanto a transmissão não parasse. Revoltados, os presidentes decidiram pela não realização do confronto.

Estava tudo pronto para o início da partida, até que Federação Paranaense ordenou que a equipe de arbitragem não iniciasse o duelo enquanto as câmeras estivessem ligadas.

Publicidade
Publicidade

Os times já estavam perfilados em campo e, inclusive, já havia sido executado os hinos. Segundo a entidade, um contrato com a emissora carioca impede a exibição de jogo da competição por outros canais de mídia. No entanto, nenhum dos times assinou contrato com o canal de TV. Eles haviam recusado a proposta de 1 milhão de reais, a qual classificaram como absurda. Segundo a lei brasileira, o direito de imagem pertence aos clubes e nenhuma federação não pode se sobrepor a ele.

O diretor de marketing do Atlético-PR, Mauro Holzzman, explicou que por não aceitarem a proposta oferecida pelo canal de TV, os dois clubes optaram por fazer uma transmissão gratuita por meio das redes sociais, mas como isso foi vetado pela Federação a bola não iria rolar. “Resolvemos fazer transmissão independente e gratuita.

Publicidade

Nossa produtora não é ligada a nenhuma TV. Então, não vai ter jogo”, disse.

Após 45 minutos de impasse, os times – juntos – retornaram a campo e agradeceram seus torcedores, que aparentemente apoiaram a decisão de cancelar a partida. Nas redes sociais os torcedores também se manifestaram a favor da atitude de seus clubes. Apesar de não ter jogo, a transmissão seguiu relatando os acontecimentos e entrevistando dirigentes. Segundo eles, os torcedores deixaram o estádio junto e não foi registrado nenhum tumulto. #Coritiba #Atlético Paranaense