Foi realizado, nesta segunda-feira (13), o julgamento do ex-zagueiro do Paulista Heltton Matheus Cardoso Rodrigues, que ficou conhecido como o “gato” da Copa São Paulo. Por ter atuado com documentos de outra pessoa, o agora jogador do Grêmio Osasco foi suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva por 360 dias e terá que pagar multa de R$ 500.

O gancho poderia ter sido ainda maior. A Procuradoria pediu pena de 720 dias, mas a defesa conseguiu mudar a denúncia para o artigo 182. Isso reduz pela metade a pena a jogadores não profissionais.

De acordo com os advogados, Heltton nunca teve contrato profissional com clube algum.

Publicidade
Publicidade

Mesmo assim, o advogado Lindenberg Pessoa, que é dono do Grêmio Osasco, afirmou que irá recorrer da decisão, uma vez que o jogador é réu confesso, primário e não reincidente, e sendo assim a pena mínima é de seis meses. “A condenação de um ano não pode ser considerada vitória”, disse.

Relembre o caso

Horas após as semifinais da #Copa São Paulo, o Batatais, que havia perdido o jogo por 5 a 1, entrou com uma denúncia na FPF (Federação Paulista de Futebol) contra o Paulista de Jundiaí, alegando que o então zagueiro Brendon Matheus Lima dos Santos se chamava, na verdade, Heltton Matheus Cardoso Rodrigues e que tinha 22 anos, dois a mais do que o limite permitido na Copinha. A FPF puniu o time de Jundiaí, lhe tirando a vaga da final contra o Corinthians.

Em conversa com dirigentes e comissão técnica ainda no dia da denúncia, o jogador negou que jogasse com documentos de outra pessoa, mas na manhã seguinte, após o caso ganhar grande repercussão, ele desapareceu.

Publicidade

A diretoria do Paulista e o empresário do atleta, o ex-jogador Alberto, chegaram a registrar um boletim de ocorrência.

Somente alguns dias depois o jogador reapareceu nas redes sociais, se desculpado com o clube e ex-colegas. Ele alegou ainda que fez tudo sozinho e foi motivado pelo sonho de ser jogador de futebol. Dirigente do Osasco Audax, o pentacampeão #Vampeta decidiu ajudar Heltton, lhe oferecendo um contrato e advogado para se defender tanto na esfera esportiva quanto na criminal. #gato